Análise lojas americanas

Introdução :
Sendo uma das maiores e mais tradicionais lojas de varejo do país, as LOJAS AMERICANAS já estão no mercado há 80 anos. Atualmente a empresa conta com 479 lojas nas principais cidades do pais e com 3 centros de distribuição sendo um em São Paulo, outro no Rio De Janeiro , e o ultimo em Recife. Expandiu também suas vendas para o comercio eletrônico, Americanas.com, sendo hoje um dosprincipais sites de venda do país. A rede de lojas conta hoje com cerca de 60.000 itens diferentes a venda de 4.000 empresas diferentes.

Histórico:
No ano de 1929, foi inaugurada a 1ª Lojas Americanas, pelos americanos John Lee, Glen Matson, James Marshall e Batson Borge, em Niterói (RJ) com o slogan “Nada além de 2 mil réis”.
O sucesso foi vindo aos poucos e no final do primeiro ano jáexistiam 4 lojas, sendo 3 no Rio e 1 em São Paulo. Em 1940 a empresa abre seu capital e se torna uma sociedade anônima. Em 1982, os principais acionistas do Grupo Garantia entraram na composição acionária de Lojas Americanas como controladores.
No 1° semestre de 1994, Lojas Americanas concretizou a formação de uma “joint venture” com o nome de Wal Mart Brasil S/A, com participação de 40% das LojasAmericanas S.A, e 60% por parte da Wal Mart Store Inc. na composição do capital.
Já em dezembro de 1997, foi vendida 40% da empresa para o Wal Mart Inc, mas em agosto de 1998 a empresa foi vendida totalmente para empresa francesa Comptoirs Modernes (pertencente ao Grupo Carrefour). A venda se deu por causa dos grandes concorrentes internacionais que chegam ao Brasil, tendo que investir muito paraconcorrer diretamente com as empresas multinacionais.
Em 1999, as Lojas Americanas decidiram investir em um novo segmento como a criação do site lojasamericanas.com, que teve investimentos de empresas no valor de R$ 40 milhoes, ações correspondentes a uma participação final de 33% do capital social da Americanas.com. Em 2003 continuou se expandindo, foram inauguradas 13 lojas convencionais,fortalecendo a presença da companhia em mercados importantes das regiões Sudeste e Sul do país. Alem do mais reformaram outras lojas para oferecer um melhor atendimento ao cliente. Em 2004 o investimento ainda foi bem maior com a abertura de mais 35 lojas e da conclusão do novo Centro de Distribuição em Barueri, na grande São Paulo, visando suportar numa primeira fase, o crescimento orgânico da Cia.
Nosúltimos 5 anos a loja inaugurou mais 37 novas lojas em 2005 e mais 44 em 2006, alem de adquirir um canal de TV , parceria com o banco Itaú , com o site submarino e adquirir a rede BLOCKBUSTER. Tendo no final disso tudo uma rede de 127 lojas.
Governança Corporativa:
Desde 2006 as Lojas Americanas mantém em seu Estatuto Social o compromisso de conceder tag along integral (100%) às ações ordináriase preferenciais da Companhia. Isso garante que todos os acionistas de Lojas Americanas terão tratamento igualitário no caso de troca de controle da Companhia, sendo assegurado o direito de vender suas ações nas mesmas condições negociadas pelos controladores. O estatuto social da Companhia, em linha com os princípios da legislação vigente, fixa o valor mínimo para dividendos em 25% do lucrolíquido do exercício, após a formação de reserva legal de 5%.
Resultado da fusão entre sua subsidiária, Americanas.com e o Submarino, a B2W – Companhia Global de Varejo, foi constituída sob as regras estabelecidas pelo Novo Mercado da Bovespa, o mais alto nível de Governança Corporativa do Brasil. Na época, 53,25% do capital da nova empresa ficaram em poder dos acionistas das Lojas Americanas.Indicadores de liquidez
Liquidez corrente: Os índices apresentados nos últimos três anos, mostram primeiramente que existe capital circulante (capital de giro), uma vez que em todos os exercícios os resultados foram superiores a 1. Além disso, os valores mostram que a empresa vem conseguindo uma folga financeira de recursos a curto prazo.
Liquidez seca: Os índices de liquidez seca, que demonstram...
tracking img