Análise do livro a busca de uma caminhos para o brasil

ANÁLISE DA OBRA:
A BUSCA DE UM CAMINHO PARA O BRASIL: A TRILHA DO CÍRCULO VICIOSO (SANTOS, H., 2011)

INTRODUÇÃO
O texto, “Preleção antes do embarque” (SANTOS, 2011, pp. 23-37), discute e mostraa questão da camuflagem do racismo brasileiro, que não assume sua identidade mestiça.
O autor busca relatar como o negro e o negro-mestiço passam sempre pelos mesmos constrangimentos e desigualdadessociais que são marcantes e permanentes. Relata como o racismo no Brasil é tão velado e mostra alternativas de como mudar essa realidade, que não é igual à de nenhum outro país.

DESENVOLVIMENTOTEXTO: Preleção antes do embarque (SANTOS, 2011, pp. 23-37)

No Brasil os preconceitos são camuflados, ou seja, o brasileiro não assume sua cara- multirracial e multicolorida, pois o brasileiro nãoé apenas branco e negro; é também indígena. Tais heranças somadas acabam se tornando o que chamamos de etnicidade brasileira.
O negro e índio são sufocados em benefício de uma suposta Europa que nuncafomos. Na escola ensinam, bem de passagem, sem nenhum aprofundamento maior, que somos a soma harmoniosa de brancos, negros e índios. Não deixa de ser verdade o fato de que brancos, negros e índiossão uma soma neste país fortemente mestiço.
O Brasil é um país que não se assume por inteiro. As consequências dessa atitude impedem o surgimento de uma identidade nacional - plenamente vinculada àsnossas verdadeiras raízes. O fato é que o racismo não se discute e nem se deseja notar ou discutir, é como se não existisse, originando-se uma invisibilidade do negro. A história narrada nas escolas ébranca, a inteligência e a beleza mostrada pela mídia também são. Os fatos são apresentados por todos na sociedade como se houvesse uma preponderância absoluta, uma supremacia definitiva dos brancossobre os negros. Assim, o que se mostra é que o lado bom da vida não é nem pode ser negro. Aliás, a palavra negro, além de designar o indivíduo deste grupo étnico-racial, pode significar: sujo,...
tracking img