Análise do filme Temple Grandin

Filme: Temple Grandin (2008)
Gênero: Biografia | Drama
Temas: autismo; inclusão.


Introdução

Para realizar minha análise, escolhi como objeto o filme “Temple Grandin” que trata da vida deuma mulher autista, que apesar de todas as atribulações, torna-se uma reconhecida e bem sucedida profissional norte-americana, altamente respeitada no segmento de manejo pecuário, assunto do seudoutorado. Afim de compreender a realidade desses sujeitos, me utilizei de outros referenciais, como textos, artigos, cartilhas e até mesmo o site oficial da própria Temple, e assim pude desfazer alguns dosestereótipos que, infelizmente, vem sendo criados sobre os autistas ao longo dos anos e perceber como são equivocados os pensamentos das pessoas sobre esses sujeitos.



Breve Resumo

O filmeretrata a história da vida de Temple Grandin, que foi diagnosticada autista aos quatro anos de idade, em meados da década de 1950 – época onde a causa do autismo seria a indiferença da mãe, que levavaa criança a um isolamento mental e não gerava expectativas de melhora. Mesmo com o diagnóstico absolutamente pessimista, sua mãe ainda acredita e persiste na possibilidade de criar a menina com umavivência normal e, portanto, opta por uma educação formal.
Foram difíceis os anos na escola regular. Temple acaba por terminar o ensino médio em um colégio interno e é ali que um professor descobresuas habilidades e o grande segredo de sua mente: ela se organiza por imagens, e não por palavras. Ele se refere à Temple como “uma incrível pensadora visual” e passa a trabalhar com ela, respeitandoseus limites e desenvolvendo suas capacidades. Ao sair do colégio, a jovem possui notas para ingressar em diversas faculdades e é pressionada para seguir a carreira acadêmica optando, assim, pelafaculdade de psicologia. Sua incessante curiosidade e necessidade de entender o funcionamento das coisas ao seu redor a obrigaram a superar todo e qualquer obstáculo e fizeram-na chegar cada vez mais...