Análise do filme "coração valente"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 7 (1525 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 15 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Essa breve análise se destina analisar o filme Coração Valente. Inicialmente, é interessante que se entenda sinteticamente o objetivo do filme: evidenciar como os anseios por liberdade no século XII foram determinantes na luta da Escócia, liderada por William Wallace, para ser independente da Inglaterra.
Na tradição democrática romano-medieval a democracia se calcava no princípio da democraciapopular, segundo o qual o povo era fonte originária do poder político, seja através de uma concepção descendente da soberania – onde o poder deriva do príncipe e se transmite do superior para o inferior –, seja da ascendente – em que o poder deriva do povo e se torna representativo (Bobbio et AL, 1998, pp. 321, apud RAMOS). Pelo fato da narrativa se passar no período medieval, desde o início ofilme ressalta como a população luta em prol desse objetivo, pois vários feudos se reuniram para questionarem e lutarem contra uma situação pré-estabelecida, procurando ter a liberdade e legitimidade para escolher o representante que julgavam mais adequado e não o que estava sendo imposto pela “Coroa Inglesa”. Essa forma de agir se relaciona claramente com a concepção de soberania descendente, acimareferenciada.
É oportuno salientar que, no contexto abordado pelo filme, o poder estava distribuído entre os monarcas, igreja e nobres, estando o povo relegado ao último plano. A sociedade estava organizada em feudos e ainda não existia o conceito de Estado-nação que, conforme por Bresser-Pereira, “era caracterizado por um território, soberania e nação” (2009, pág. 04).
Apesar do Estado-naçãoainda não existir, o filme retrata como o povo da Escócia tinha uma definição quanto à convicção e educação políticas. Tais definições, conforme Sell, são um reflexo da maturidade para a liderança política e facilitam a compreensão de como o aprendizado e os valores políticos conduzem à luta social.
Nesse sentido, ressaltem-se algumas atitudes do líder William Wallace: fora preparado para usar ainteligência como forma de obter sucesso, ao invés do uso da coerção; buscava o acordo e o consenso entre os liderados em prol do objetivo comum; valia-se da razão comunicativa, por orientar os atores sociais na idéia fundada na liberdade; fomentava a organização dos escoceses em prol de ações coletiva; e utilizava da relação interpessoal para obter o convencimento.
As características acimaarroladas e refletidas no filme são consideradas como partes da democracia procedimental. Mas como pode ser conceituada a democracia e em especial a democracia procedimental?
Segundo Habermas, o conceito de democracia pode ser entendido sob a perspectiva liberal, republicana e teoria do discurso, a qual fundamenta a democracia procedimental.
Para a perspectiva liberal, o processo democrático ocorreunicamente na forma de compromisso de interesses, a sociedade é econômica, sendo a política centrada no Estado, e o processo de formação democrática da vontade legitima o poder político.
Para a perspectiva republicana, o processo democrático foca a formação democrática da vontade com o auto-entendimento ético-político, onde a deliberação é fruto de um consenso dos participantes, obtido de formacultural. A formação da sociedade se dá pela formação política da opinião e da vontade das pessoas privadas e o processo de formação democrática da vontade forma a sociedade como comunidade política, sendo ratificada em cada eleição.
A compreensão da teoria do discurso utiliza elementos das duas correntes, ampliando o foco ao considerar o ponto de vista dos direitos do indivíduo e dacomunidade, incluindo a ação orientada pelo entendimento, oriunda da socialização comunicativa. O processo político está centrado na formação de opinião e vontade, entendendo os princípios do Estado de direito como uma forma de institucionalizar a comunicação da formação democrática de opinião e vontade, iniciando a abordagem da política deliberativa. A soberania popular procedimentada e a relação do...
tracking img