Análise das razões da varição do preço do barril de petróleo no

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8498 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE – UFRN CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - DCC CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS

ANÁLISE DAS RAZÕES DA VARIÇÃO DO PREÇO DO BARRIL DE PETRÓLEO NO MERCADO INTERNACIONAL EM RELAÇÃO AO PREÇO OU RISCO /RETORNO DA AÇÃO DA PETROBRÁS: UM ESTUDO DE CASO

VALTER DOS SANTOS SOARES

Orientadora: Profª. Msc. Ducineli RégisBotelho de Aquino

Natal Julho - 2005

VALTER DOS SANTOS SOARES

ANÁLISE DAS RAZÕES DA VARIÇÃO DO PREÇO DO BARRIL DE PETRÓLEO NO MERCADO INTERNACIONAL EM RELAÇÃO AO PREÇO OU RISCO /RETORNO DA AÇÃO DA PETROBRÁS: UM ESTUDO DE CASO

Monografia apresentada como requisito à obtenção do título de Bacharel em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Orientadora: Profª.Msc. Ducineli Régis Botelho de Aquino

Natal Julho - 2005

1 INTRODUÇÃO

1.1 Problema e Relevância

Indícios esparsos indicam o conhecimento do petróleo pelo homem há 4 mil anos a.C. Contudo, o momento em que ele voltou sua atenção para o petróleo não se pode precisar. Sua utilização foi mencionada por Plínio em sua História Natural, por Heródoto em seus escritos e até mesmo na Bíblia(Gênesis. 6.14) é citado como material impermeabilizante. Segundo Neiva (1974, p. 1), o petróleo tendo sido utilizado pelos nossos ancestrais, para fins diversos e era conhecido pelos mais variados nomes. Dentre eles, pode-se citar betume, asfalto, alcatrão, lama, resina, azeite, nafta, óleo de rocha, além de muitos outros que não serão elencados. No entanto, em escala industrial só passou a serutilizado a partir da segunda metade do século XIX. Marinho Jr. (1970) escreve que, surgida da persistência de um homem que, à época apresentava-se com ideais ousados, a indústria do petróleo teve sua origem concebida em meados do século XIX em Titusville, Pensilvânia, a partir da busca, inexorável, do Coronel Edwin L. Drake por petróleo, perfurando, assim, o primeiro poço de petróleo. Todavia, Neiva(1974, p. 4) afirma que, “não tinham, contudo, os primeiros exploradores do petróleo a noção clara e exata do significado do seu trabalho para as gerações futuras; nem mesmo previam a revolução econômica, industrial, e tecnológica advinda com a descoberta do petróleo”. Yergin (1993, p. 13) escreve que, “não foi preciso muito tempo para que, refinado como querosene, o óleo de pedra da Pensilvâniaabrisse caminho no mercado. Seus méritos imediatamente se revelaram. Desde então, o petróleo foi tão valorizado que, o autor do

primeiro manual americano sobre petróleo, menos de um ano depois da descoberta de Drake escreveu”:

Como iluminante, o petróleo é indescritível: ele é a luz da era. Os que não o viram queimar podem ter certeza de que a sua luz não é nenhum brilho de lua, mas sim algomais próximo da luz clara, forte e brilhante do dia, onde a escuridão não tem lugar... o óleo de pedra emite uma luz requintada; a mais brilhante e ao mesmo tempo a mais barata do mundo; uma luz à altura de reis e realistas, que não é inadequada para republicanos e democratas.

A partir do seu surgimento, a indústria petrolífera galgou paulatinamente um grau de importância tão elevado nodesenvolvimento da história econômica mundial que, para Walter Levy (1961 apud MARINHO JR., 1970, p. 15):

Nenhuma indústria se oferece tão vasta em ramificações, tão essencial à economia mundial e tão vinculada à política internacional quanto à indústria do petróleo, cuja expansão, sem confronto na história, não só conseguiu suportar a vertiginosa demanda de energia exigida pelos programas dereconstrução industrial do pósguerra, como também a que sucedeu ao seu subseqüente crescimento.

Ainda sob o aspecto da grandiosidade e importância da indústria do petróleo no mundo, Odell (1975, p.11) afirma que “uma descrição da indústria petrolífera mundial exige o emprego de muitos superlativos”. E, para concluir, ratifica seu pensamento:

[...] sob qualquer aspecto é a principal indústria do...
tracking img