Análise crítica de bases de dados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 28 (6866 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 4 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Bases de Dados Especializadas
Análise Crítica
Relatório

Universidade Federal de Pernambuco
Curso de Gestão da Informação
Bases de Dados Especializadas
Prof. Fábio Mascarenhas
Monitoria – Gimenes Rodrigues

Antônio Carlos
José Aldo
Marcio Bandim
Petrônio Veiga
Waldemiro Garcia

Abril, 2012.



Conteúdo

1. Introdução

2. Bases de Dados – Definição eContextualização

3. Características Comuns – Tipos e Classificação

4. Linguagens – Natural e Controlada – Vantagens e Desvantagens

5. Base de Dados e a Organização da Informação

6. Estudo de caso: Análise Crítica de sete Bases de Dados

7. Conclusões

8. Bibliografia



1. Introdução

Os sistemas tradicionais de informação eram caracterizados pelo uso do papel –livros, revistas, jornais, fotografias, bibliotecas, etc. Com o advento e evolução da Informática e o consequente uso do computador, notadamente o computador pessoal, conectado em rede e com acesso a Internet e ao serviço da WEB, acesso este direto, rápido, de qualquer lugar e a qualquer hora, a quantidade de informação produzida, armazenada e recuperada pelo homem adquiriu uma dimensão, gigantesca,nunca antes imaginada. Especialistas afirmam que as informações produzidas nas últimas cinco décadas se fossem transferidas/registradas em papel não caberiam em todas as bibliotecas juntas existentes no mundo. Uma das consequências desta produção ilimitada e contínua de informação é: o que fazer para selecionar, armazenar, indexar e recuperar estas informações de tal maneira que o usuário tenhacondições de ser atendido na sua necessidade de busca de informação.
Neste relatório pretende-se mostrar que o surgimento dos Bancos de Dados e posterior criação das Bases de Dados e Bases de Dados Especializadas são algumas das várias soluções encontradas para planejar, organizar e controlar a produção, seleção, armazenamento, recuperação e uso das informações pelos usuários.
Serão apresentadas noCap.2 -definições e breve histórico sobre as Bases de Dados; Cap.3 -as suas características comuns, tipos e classificação; Caps. 4 -as linguagens usadas na modelagem das Bases de Dados bem como as vantagens e desvantagens da aplicação destas linguagens; Cap. 5 -as relações existentes entre as Bases de Dados Especializadas e a Organização da Informação; Cap. 6 - o estudo de casos abordando umaanálise crítica de sete bases de dados especializadas; Cap. 7 - apresentam-se as conclusões e finalmente no Cap. 8 - o embasamento bibliográfico usado neste Relatório.

2. Bases de Dados – Definição e Contextualização
Bases de Dados são “... produtos resultantes de dados estruturados (organizados) armazenados em meios específicos, podendo ser, por exemplo, uma coleção de dados sobre as atividadesde uma organização, que assim permite o controle dessas atividades” Mascarenhas (2012). Outra definição é: conjunto de dados inter-relacionados, organizados de forma a permitir a recuperação da informação e que são armazenadas por meios ópticos ou magnéticos, como discos, e acessadas local ou remotamente. No sentido de evitarem-se possíveis confusões com a nomenclatura existente, define-se: Bancode Dados é um conjunto de Bases de Dados. As bases de dados têm como objetivo principal fornecer informação atualizada, precisa e confiável e de acordo com a demanda informacional do usuário. As bases de dados começaram a ter grande projeção em termos de importância e influência nas Organizações – com ou sem fins lucrativos – a partir da década de 70 impulsionadas, principalmente, pela imensaprodução de informação, pelo surgimento da Internet e disponibilização do serviço da WEB e pela necessidade de obterem-se informações rápidas e precisas a qualquer hora e de qualquer lugar. Ainda considerando o avanço e a consolidação da Internet, agora conectando milhões e milhões de computadores ligados em rede, existem atualmente, centenas de bases de dados hospedadas em milhares de bancos de...
tracking img