Análise comparada entre o conto “aqueles dois” de caio fernando abreu e o filme “o segredo de brokeback mountain”

Páginas: 7 (1547 palavras) Publicado: 8 de outubro de 2011
Introdução

O objetivo desse trabalho é analisar de modo comparativo o conto “Aquele Dois” (1982) de autoria do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu e o filme “O Segredo de Brokeback Mountain” (2005) dirigido pelo cineasta Ang Lee a partir de um roteiro escrito por Diana Ossana e Larry McMurtry no final da década de 1990, adaptado do conto homônimo de Annie Proulx.

O filme, que começa em1963, no estado norte-americano de Wyoming, conta a história de Jack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennis Del Mar (Heath Ledger).
Os dois se conhecem quando são contratados para cuidar de ovelhas em um acampamento, nas fictícias montanhas de Brokeback Mountain. Isolados, os dois acabam se aproximando, criando uma relação de cumplicidade e, posteriormente, de amor. Ennis, introspectivo, sempretrabalhou em fazendas e começa a contar sua história de vida ao companheiro de trabalho, revelando fatos como o de estar noivo e de ter perdido seus pais muito cedo, sendo criado pelos irmãos mais velhos. Já Jack, tenta a vida como montador de bois, em rodeios. No início do filme a relação entre os dois se torna íntima, com percebemos no diálogo:

 Cara, você falou mais agora do que nas duas últimassemanas.
 Diabo, falei mais agora do que falo em um ano.

Numa noite fria, Ennis fica fora da barraca e Jack convida-o para dormir ali, junto a ele. A partir desse momento, quando os dois têm relações sexuais, o relacionamento começa.
Depois de serem demitidos, continuam vendo-se, sempre em Brokeback Mountain, durante 20 anos, embora mantenham vidas paralelas. Os dois se casam com mulheres,têm filhos e para a sociedade têm uma postura heterossexual.
No conto de Caio Fernando Abreu, protagonizado por Raul e Saul, que também já tinham tido relações com mulheres, a homossexualidade não é tão explícita quanto no filme. A aproximação dos dois acontece de maneira lenta e, assim como no filme, os dois se conhecem no ambiente de trabalho:

Passaram no mesmo concurso para a mesmafirma, mas não se encontraram durante os testes. Foram apresentados no primeiro dia de trabalho de cada um. Disseram prazer, Raul, prazer, Saul, depois como é mesmo o seu nome? sorrindo divertidos da coincidência. Mas discretos, porque eram novos na firma e a gente, afinal, nunca sabe onde está pisando. Tentaram afastar-se quase imediatamente, deliberando limitarem-se a um cotidiano oi, tudo bem ou,no máximo, às sextas, um cordial bom fim de semana, então. Mas desde o princípio alguma coisa — fados, astros, sinas, quem saberá? conspirava contra (ou a favor, por que não?) aqueles dois. (ABREU, 1982. P. 103)

A pesar de a homossexualidade entre Raul e Saul não ser narrada de maneira explícita, a leitura do conto permite que o leitor perceba a intimidade entre os dois. No decorrer danarrativa há trechos que indicam essa situação.

Afastaram-se, então. Raul disse qualquer coisa como eu não tenho mais ninguém no mundo, e Saul outra coisa qualquer como você tem a mim agora, e para sempre. Usavam palavras grandes — ninguém, mundo, sempre — e apertavam-se as duas mãos ao mesmo tempo, olhando-se nos olhos injetados de fumo e álcool. (ABREU, 1982. P. 108)

Ao contrário do do aconteceem “Aqueles Dois” onde a relação é vista de maneira natural pelos protagonistas, no filme, Ennis e Jack tentam disfarçar a aproximação. Ennis diz ao companheiro:

 Isso é uma coisa que só aconteceu uma vez.
 Não é problema de ninguém, a não ser nosso.
 Você sabe que eu não sou gay.
 Eu também não.

Provavelmente a maior semelhança entre as duas obras seja o preconceito de umasociedade conservadora, repressiva e preconceituosa, que exerce nos indivíduos uma alienação que o faz tratar o outro, o diferente, como algo errado e inaceitável para os padrões vigentes. Em países como Bahamas, China e na maior parte do Oriente Médio, o longa teve sua exibição proibida por mostrar "cenas extremas de homossexualidade, pessoas nuas, vulgaridades que não podem trazer nenhum valor...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Duplo em Aqueles dois de Caio Fernando Abreu
  • Frases Caio Fernando Abreu
  • Frases de caio fernando de abreu
  • Caio Fernando Abreu
  • Caio Fernando abreu
  • caio fernando abreu
  • Frases de caio fernando abreu
  • ANÁLISES CONTOS DE CAIO FERNANDO ABREU: ANOTAÇÕES SOBRE UM AMOR URBANO E UMA HISTÓRIA CONFUSA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!