Amor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (633 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
AMOR

Um título pode dizer muito ou nada. “Amor” é uma palavra batida e banalizada que ganha uma dimensão épica num filme indicado, na semana passada, a cinco estatuetas do Oscar. Amor, diretorMichael Haneke, Palma de ouro em Cannes, retrata um casal de octogenários, Georges e Anne, professores aposentados de música clássica. A história narra nossa impotência diante da doença e da morte.
Emduas horas de cinema ou um ano de vida real, dois atores magistrais, Jean-Louis Trintignant, de 82 anos, e Emmanuelle Riva, de 85 (a belíssima protagonista de Hiroshima meu amor em 1959), nostransformam em passageiros da agonia humana. A agonia diante do sofrimento da pessoa que amamos. Oque fazer quando o doente nos faz prometer que nunca mais será hospitalizado? Estamos dispostos a adoecerjuntos? Será a doença mais forte que o amor?
À exceção de uma cena de concerto, o filme se passa inteiro dentro de um apartamento elegante e forrado de livros, com um piano na sala de estar. São idososcom cultura, dinheiro e prestígio. Vivem sós – sem empregados, como é normal na Europa. O que mais nos encanta, quando Georges e Anne ainda estão sadios, não são as conversas sobre literatura emúsica, mas os olhares amorosos, os gestos de carinho, a cumplicidade nos atos cotidianos, como o café da manhã na cozinha.
A rotina se quebra numa dessas manhãs, quando Anne sofre um AVC, acidente vascularcerebral. De repente, ela olha o vazio, não responde. O casal vai ao hospital, mas nós, espectadores, não. Na cena seguinte, George e Anne chegam de volta ao apartamento, ela de cadeira de rodas, como lado direito paralisado e o orgulho ferido. “Quando adoecemos e ficamos imobilizados, passamos a viver entre quatro paredes. O mundo exterior desaparece”, diz Haneke. Nosso olhar profana aintimidade do casal, da cozinha ao banheiro, do banheiro à sala, da sala ao quarto, do quarto ao corredor.
Daí em diante, cama e móveis são adaptados às limitações de Anne. E George passa a viver em...
tracking img