Amor sem escalas case logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (535 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
No filme "Amor sem escalas", o personagem interpretado por George Clooney ensina várias dicas à estagiária (Anna Kendrick) de como se virar durante as viagens. Uma das dicas é no aeroporto: NoRaio-X, pegue sempre a fila em que há japoneses, porque eles não usam sapatos de amarrar (em alguns aeroportos exigem que você tire os sapatos no Raio-X).


Sempre faça o check-in via Internet para nãoperder tempo em balcão de aeroporto. Você tem bagagem para despachar? Não deveria. Eu consigo ficar alguns dias fora só com o que levo numa bagagem de mão, além da bolsa para meu notebook. Paracomeçar, não levo livros para ler na viagem; levo meu Kindle com uma biblioteca que pesaria algumas arrobas se os livros fossem impressos.

Viajo com o blazer que vou usar na palestra, uma calça combinandono corpo e outra de estepe na mala. Sapatos só os dos pés. Tudo bem que nas fotos dos diferentes eventos eu apareço sempre com a mesma roupa, mas qual é o problema? Não estou também com a mesma cara?Minha bagagem só fica maior na volta, porque trago os sabonetinhos e vidrinhos de xampu para minhas empregadas.

Também não levo travesseiro, como vejo algumas pessoas fazerem. Será que nãoconseguem dormir sem? Ou talvez sejam alérgicas? Mas eu tenho sim uma almofada de pescoço, porém inflável e não parecendo aquela ferradura enorme e fofa que você vê nas lojas de aeroporto.

Se você tem umaalmofada inflável, aqui vai outra dica: Encha pouco enquanto estiver no solo, porque ela irá ficando maior à medida que o avião subir. Mesmo em aviões pressurizados a pressão da cabine em voo é menordo que em terra, e se você encher sua almofada até o limite, ela pode estourar no voo. Você não quer matar os passageiros de susto, quer?

Uma venda para os olhos também é essencial, embora às vezeseu tenha preguiça de pegá-la no bagageiro e acabe enfiando meu lenço sob os óculos, o que dá na mesma. É claro que fica ridículo para quem olha para mim, mas isso é problema de quem olha. Eu mesmo...
tracking img