America latina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2472 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
AMÉRICA LATINA

O ponto central e unificado da História da América Latina é a conquista e a colonização. Sua população está prestes a atingir meio bilhão de habitantes, e ainda assim, convivem com velhas ruínas, aldeias com paredes caiadas e telhados vermelhos continuamente habitados por mil anos. Alguns latino-americanos ainda cultivam milho ou mandioca em pequenos lotes escondidos entrebananeiras, preservam dos modos de vida rurais razoavelmente tradicionais. Mas, nos dias de hoje, a maioria dos latino-americanos vive em cidades barulhentas e agitadas que tornam suas sociedades bem mais urbanizadas do que as de países em desenvolvimento na Ásia e na África. Megacidades como Buenos Aires, São Paulo e Cidade do México há muito superaram a marca de dez milhões, e muitas outras capitaisda região não ficam muito atrás. A América Latina é o mundo em desenvolvimento e também o ocidente, um lugar onde mais de nove entre dez pessoas falam uma língua europeia, e seguem uma religião europeia. A maioria dos católicos do mundo é latino-americana. E a América Latina tem profundas raízes nas culturas indígenas também.
Atualmente, muitos latino-americanos vivem e trabalham emcircunstâncias não muito diversas das da classe média dos Estados Unidos. A semelhança parece ter crescido nos últimos anos, à medida que um governo após outro na região liberalizou suas políticas comerciais, facilitando a importação de automóveis, videocassetes e aparelhos de fax. Mas a grande maioria dos latino-americanos está longe de poder adquirir esses itens. Uma família proprietária de algum tipo deautomóvel está bem acima da média, mas a grande maioria dispõe de algum acesso à TV, ainda que na casa do vizinho. Assim, muitos brasileiros, chilenos e colombianos, embora não possam ter um automóvel, vivem imersos na cultura de consumo ocidental e, noite após noite, assistem a reluzentes comerciais de TV feitos para quem pode imitar o estilo de vida da classe média norte-americana. Por essa razão,e não apenas devido à proximidade e à pobreza, tantos latino-americanos vão para os Estados Unidos.
Vejamos agora os contrastes entre os países. O Brasil ocupa metade do continente sul-americano, com uma população chegando a duzentos milhões. Entretanto, a maioria dos países da América Latina é bem pequena. As populações do Panamá, Porto Rico, Paraguai, Nicarágua, Honduras e El Salvador caberiamna Cidade do México ou na gigantesca cidade brasileira de São Paulo. Os contrastes em outros indicadores sociais também são grandes. A Argentina e o Uruguai têm taxas de alfabetização comparáveis às dos Estados Unidos e do Canadá, enquanto 44 por cento da população adulta da Guatemala não sabe ler. Os costarriquenhos atingem, em média, avançados idade de 77 anos, enquanto os bolivianos vivemapenas 62 anos.
Com relação à formação étnica, a América Latina apresenta uma grande diversidade. A maioria dos Mexicanos descende de povos indígenas e dos espanhóis que colonizaram o México. A celebração mexicana do Dia dos Mortos – com seus doces em forma de caveira convidam as pessoas a “comerem sua própria morte” – representa uma mentalidade tão estranha para um não mexicano exatamente por causade sua inspiração íntima predominantemente não ocidental. A capital da Argentina, por outro lado, é em termos étnica mais europeia do que Washington D.C. Além de uma porcentagem maior da população descender apenas de imigrantes europeus, ela também mantém mais contatos com a Europa, como a dupla cidadania Argentina-espanhola e parentes nascidos na Itália ou na Inglaterra. A moderna paisagem urbanade Buenos Aires imita ostensivamente a de Paris, e os filmes franceses têm uma popularidade ali maior do que em outros países americanos.
A experiência da diversidade racial tem sido decisiva para a história latino-americana. A América Latina foi o principal destino de milhões de pessoas escravizadas e tiradas da África entre 1500 e 1850. Enquanto os Estados Unidos receberam cerca de 523 mil...
tracking img