Ameixa de elvas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1854 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Maria Amália Sousa
2013
AMEIXA D’ELVAS PRODUTO DOP
Maria Amália Sousa
2013
AMEIXA D’ELVAS PRODUTO DOP

Breve resumo sobre a Ameixa de Elvas como produto DOP e a sua área geográfica delimitada de produção.
MESTRADO EM
CIÊNCIAS GASTRONÓMICAS
Gastronomia e Produtos TradicionaisPortugueses
Professor André Magalhães
Breve resumo sobre a Ameixa de Elvas como produto DOP e a sua área geográfica delimitada de produção.
MESTRADO EM
CIÊNCIAS GASTRONÓMICAS
Gastronomia e Produtos TradicionaisPortugueses
Professor André Magalhães

INTRODUÇÃO

DENOMINAÇÃO DE ORIGEM PROTEGIDA

A DOP - Denominação de Origem Protegida, é um nome geográfico usado para designar um produto cuja produção, transformação e elaboração ocorrem numa região delimitada, com um saber-fazer devidamente reconhecido e verificado.

Ao adquirir um produto cujo nome seja uma DOP, oconsumidor tem a garantia de que o produto foi obtido através de métodos ancestrais, que possui características sápidas e aromáticas inigualáveis, e que foi sujeito a um rigoroso sistema de controlo independente, instituído ao longo da sua fileira de produção.

Todos os produtos beneficiários de uma Denominação de Origem Protegida se encontram devidamente identificados com o nome do produto,acrescido da menção DOP e da respectiva marca de certificação e logotipo comunitário


AMEIXAS D'ELVAS
Quis a Natureza que lá para os lados da Ásia Menor nascesse um fruto que cientificamente se inclui dentro da especie "prunus Domestica", mas que pelas suas caracteristicas particulares logo se distingiu de outras ameixeiras ditas europeias. Dali passou à Europa e encontrou em França boa condições devida. O nome de Rainha Cláudia (1499-1524), foi-lhe dado em honra da filha de Ana da Bretanha e de Luís XII, a Duquesa da Britânia, que se tornou na primeira mulher do rei Francisco I de França.
Cultivada no Alto-Alentejo interior desde há séculos, a variedade de ameixeira "Rainha Cláudia Verde" adquiriu uma especificidade própria, fruto das condições ecológicas da região, que a tornam diferente daproduzida em outras regiões. Essa adaptação perfeita aos solos e clima da região, tornam possível por exemplo a sua cultura praticamente sem recurso à utilização de pesticidas, encontrando-se a maioria dos pomares em perfeito equilíbrio ecológico.
Condicionada pelas exigências em frio durante o inverno e calor durante a maturação dos frutos, a cultura encontra-se naturalmente delimitada a algunsconcelhos do Alto Alentejo, onde é possível produzir a qualidade exigida pela transformação. É exclusivamente nesta região que são produzidos os frutos certificados com a Denominação de Origem AMEIXAS D'ELVAS.
Desde os tempos do Infante D. Henrique, que as Ameixas d'Elvas são confitadas nesta região, sendo um dos mais antigos produtos da doçaria tradicional portuguesa. Primeiro nos conventos defreiras, donde saíam só para épocas festivas e mesas abastadas, depois a partir de 1830 em pequenas industrias artesanais, conquistando os mais exigentes mercados em todo o mundo.
Ainda no Séc. XIX as "Ameixas d'Elvas" foram reconhecidas com mais de 200 prémios e medalhas de ouro nas exposições internacionais em que participaram

PRODUÇÃO - AMEIXAS D'ELVAS
APANHA E TRATAMENTO:

As árvores daAmeixeira Rainha Cláudia encontram-se em pequenos pomares de árvores, muitas vezes dispersas, embora a maioria sejam pomares modernos. Esta cultura beneficia das temperaturas muito altas existentes na região, que permite a obtenção de frutos muito ricos em açúcar. As ameixas em passa são obtidas pelo processo de secagem (ao sol ou câmara de secagem) a partir de frutos inteiros, isentas de qualquer tipo...
tracking img