Ambiguidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (457 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
De modo geral, esse termo se refere à propriedade de certos enunciados poderem ser interpretados de diferentes maneiras, sendo, pois, sinônimo de “pouco claro”. Para Lyons (1981) ambíguo é um sinalque codifica mais de uma mensagem. Tal ambigüidade pode provir de uma “imperfeição” do falante ou de uma “deficiência” do sistema da língua. Convém destacar, no entanto, que nem sempre a ambigüidade éum problema. Muitas vezes, corresponde a uma intenção clara e determinada do falante, como ocorre, com freqüência, em textos publicitários e humorísticos. A ambigüidade só deve, pois, ser evitadaquando é involuntária. E aí reside o problema: como evitar aquilo de que não nos damos conta? Nesse ponto, importa, então, ressaltar o caráter dialógico da ambigüidade, ou seja, a ambigüidade se instaurasempre no interlocutor. Em outras palavras, ela só existe para o outro, já que, quando produzimos nossos textos, quando interagimos, sabemos o que estamos querendo dizer, transmitir. O outro, o nossointerlocutor é que pode não atingir, não perceber a nossa intenção, o nosso propósito. A ambigüidade pode ser polissêmica, ou estrutural. No primeiro caso, deve-se à possibilidade de os vocábulosapresentarem mais de um significado; no segundo, ela se prende a problemas de construção. A ambigüidade derivada da polissemia do vocábulo pode ser evitada pelo esclarecimento maior do contexto, ou pelasubstituição do vocábulo polissêmico por outro de sentido equivalente; já no caso da ambigüidade estrutural, as causas são muitas e as possibilidades de eliminá-la variam conforme o problema que aorigina. Carneiro (2001) apresenta algumas possíveis causas da ambigüidade estrutural, quais sejam: a) a difícil distinção entre agente e paciente (Ex. a demissão do ministro causou impacto); b) o mau usoda coordenação ( Ex. Pedro e Maria vão desquitar-se.); c) a má colocação de palavras (Ex. A professora deixou a turma entusiasmada); d) o mau uso de pronomes relativos, geralmente com dois...
tracking img