Ambientes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2327 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro de Desenvolvimento Tecnológico – CDTec/Ufpel
Engenharia Geológica 2011/2
Geologia Geral

Bruna Kronhardt
Camila Goulart
Luciana Ollé
Rogério

Pelotas, Novembro de 2011
Bruna Koppe Kronhardt
Camila Goulart
Luciana Ollé
Rogério

AMBIENTES CÁRSTICOS

Seminário da disciplina de Geologia Geral, sobre Ambientes Cársticos, regido pelo professor Luis Eduardo Novaes da UniversidadeFederal de Pelotas.

Pelotas, 03 de Novembro de 2011.
1. INTRODUÇÃO

O trabalho elaborado e desenvolvido trará conhecimentos técnicos e científicos a respeito dos processos geológicos em ambientes cársticos.
Dentre as paisagens mais espetaculares da Terra, ressaltam-se os sistemas cársticos, com cavernas, cânions, paredões rochosos e relevos ruiniformes produzidos pela açãogeológica da água subterrânea sobre rochas solúveis. Tais ambientes constituem desafios aos exploradores das fronteiras desconhecidas do nosso planeta, já que as cavernas ainda revelam territórios nunca antes percorridos pelo ser humano.
O objetivo deste trabalho consiste em relatar processos geológicos que formam os ambientes cársticos e são responsáveis pela transformação física e químicadas rochas.

2. AMBIENTES CÁRSTICOS

Relevo cárstico ou sistema cárstico, é um tipo de relevo geológico caracterizado pela dissolução química (corrosão) das rochas, que leva ao aparecimento de uma série de características físicas, tais como cavernas, dolinas, vales secos, vales cegos, cones cársticos, rios subterrâneos, canhões fluviocársicos, paredões rochosos expostos e lapiás. Orelevo cárstico ocorre predominantemente em terrenos constituídos de rocha calcária, mas também pode ocorrer em outros tipos de rochas carbonáticas, como o mármore e rochas dolomíticas.
Carste é a tradução do termo alemão karst, originado da palavra krasz, denominação dada pelos camponeses a uma paisagem da atual Croácia e Eslovênia, marcada por rios subterrâneos com cavernas e superfícieacidentada dominada por depressões com paredões rochosos e torres de pedra.
Pelo ponto de vista hidrológico e geomorfológico, sistemas cársticos são constituídos por três componentes principais, que se desenvolvem de maneira conjunta e interdependentes:

* Sistemas de Cavernas: formas subterrâneas acessíveis à exploração.

* Aqüíferos de Condutos: formas condutoras da água subterrânea.* Relevo Cárstico: formas superficiais.

3. ROCHAS CARSTIFICÁVEIS

Sistemas cársticos são formados pela dissolução de certos tipos de rochas pela água subterrânea. Considera-se rocha solúvel aquela que após sofrer intemperismo químico produz pouco resíduo insolúvel. Entre as rochas mais favoráveis à carstificação encontram-se as carbonáticas, cujo principal mineral calcita e/oudolomita dissocia-se nos íons Ca e/ou Mg e CO pela ação da água. Os calcários são mais solúveis que os dolomitos, pois a solubilidade da calcita é maior que a da dolomita.
Rochas evaporíticas, constituídas por halita e/ou gipsita, apesar de sua grande solubilidade, originam sistemas cársticos apenas em situações especiais, como em áreas áridas e semi-áridas, pois seu intemperismo sob climaúmido é tão rápido que não permite o pleno desenvolvimento do carste.
Um caso especial, pouco comum, são os quartzitos. Apesar da baixa solubilidade do quartzo em águas naturais, quartzitos com baixo teor de residuos insolúveis podem desenvolver sistemas cársticos, quando sofrem longos períodos de exposição a ação da água subterrânea.

4. DISSOLUÇÃO DE ROCHAS CARBONÁTICAS
O mineralcalcita é quase insolúvel em água pura, mas em águas naturais é bastante solúvel, como é evidenciado em nascentes cársticas, cujas águas são chamadas de ''duras'', devido ao alto teor de Ca e Mg. Este fato se deve á dissolução ácida do carbonato de cálcio pelo ácido carbônico, gerado pela reação entre água e gás carbônico. (H2O + CO2 -> H2CO3)
Os tipos de espeleotemas são: estalagmite,...
tracking img