Ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1112 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DE PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS EM UM BIORREATOR DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NA CIDADE DE CAMPINA GRANDE – PB.

OBJETIVOS

Objetivo Geral
Este trabalho tem como objetivo verificar parâmetros físico-químicos que interferem no processo de degradação dos resíduos sólidos urbanos da cidade de Campina Grande - PB.

Objetivos Específicos
o Verificar os parâmetros físicos ecompará-los com as faixas ótimas necessárias a evolução do processo biodegradativo no interior da massa de lixo;
o Analisar a relação carbono/nitrogênio, verificando se esta relação se adequa à degradação dos resíduos de maneira eficiente.

METODOLOGIA

Campo experimental
A pesquisa foi desenvolvida através da construção e monitoramento de uma célula experimental (lisímetro),simulando uma célula de aterro sanitário. O biorreator foi construído no campo experimental EXTRABES (Estação Experimental de Tratamentos Biológicos de Esgotos Sanitários) um núcleo de pesquisa da Universidade Federal de Campina Grande localizado em terreno pertencente à Companhia de Água e Esgoto do Estado da Paraíba - CAGEPA.

Construção do biorreator (lisímetro)
O lisímetro foi construídoatravés da adaptação de 2 manilhas em concreto armado com uma altura de 2,15m, diâmetro interno de 1,00m e um volume aproximado de 1,70m3. Foi apoiado sobre uma base de alvenaria, fixado a base com auxílio de argamassa. Em suas camadas de base e cobertura foi empregado solo que imprimiu características de impermeabilidade.
A estrutura do biorreator foi constituída de um sistema de drenagem deum tubo de PVC apoiado sobre o solo compactado e sobre uma camada de pedra britada utilizada para promover a drenagem de toda a célula experimental. Foi dotado de uma instrumentação como sistema de drenagem de líquidos e gases, piezômetro para medição do nível de líquidos, placas circulares para medição de recalques superficiais e em profundidade e termopares para medição de temperatura emprofundidade.
O orifício para a coleta e obtenção das amostras de resíduos possui um diamêtro de 0,50m onde a abertura inferior está posicionada em uma altura de 0,8m da base e a abertura superior, a 1,48m da base (Figura 1).

[pic]
Figura 1: Desenho esquemático do biorreator (lisímetro)

Caracterização dos resíduos sólidos urbanos (RSU)
Objetivando uma amostra representativa dos RSUda cidade de Campina Grande-PB, foi utilizado para o preenchimento do biorreator resíduos provenientes de três bairros de classes sociais distintas, do qual a unidade coletora, com rotas definidas pelo departamento de limpeza urbana do município atingiria esses bairros, que destacam-se, como sendo: Mirante (classe alta), Catolé (classe média) e Conjunto Argemiro Figueredo situado no bairro SandraCavalcanti (classe baixa).
Esses resíduos foram devidamente homogeneizados e após a pesagem, lançados no biorreator em camadas de 0,10m e compactado manualmente. Juntamente com a colocação do lixo foi instalada a instrumentação necessária ao monitoramento do biorreator.
As amostras foram retiradas utilizando um amostrador confeccionado pelo grupo de pesquisa da Universidade Federal deCampina Grande (UFCG). Foram obtidas uma amostra superior e outra inferior onde retirava-se em cada abertura aproximadamente 500g de resíduos que foram picotadas em tamanho de 30mm a 50mm aproximadamente, e após a picotagem, armazenadas para posteriores análises de laboratório.

Caracterizações físico-química dos resíduos
Os parâmetros tais como: umidade e sólidos voláteis, foramdeterminados utilizando-se a metodologia do WHO (1979).
Os parâmetros tais como: alcalinidade, pH e fósforo foram determinados utilizando-se a metodologia do Standard Methods (AWWA/APHA/WEF, 1998).
A metodologia utilizada para a obtenção dos teores de matéria orgânica, carbono e nitrogênio (C/N) foi segundo Tedesco et al. (1995).

RESULTADOS E DISCUSSÕES

Alguns dos resultados...
tracking img