Ambiente de aprendizagem baseado na web 3.0

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4043 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A incorporação das idéias da Web 3.0 nos Ambientes Virtuais de Aprendizagem tradicionais parece ser um caminho a ser seguido. Nestes novos ambientes espera-se que o aluno possua uma liberdade maior, permitindo a escolha e a incorporação de conteúdos e funcionalidades de diferentes ferramentas e serviços oferecidos pela Web, sejam eles provenientes de provedores de educação formal oude fontes informais de conhecimento. Além disso, a possibilidade de exportar seus próprios serviços para outras aplicações pode fazer com que a convivência entre diferentes ambientes seja facilitada.
Acreditando na hipótese de que a definição de uma abordagem genérica de integração automática de aplicações Web 3.0, a partir de suas APIs, pode facilitar a criação de um ambiente de aprendizagemonde os alunos sejam capazes de escolher suas próprias ferramentas, este trabalho propõe um modelo de integração que viabiliza a criação de um ambiente que seja de fácil utilização por usuários não técnicos, e que permita a incorporação de qualquer aplicação escolhida livremente.
Para demonstrar a viabilidade da aplicação desta solução, foi desenvolvido o AvaNCE - um protótipo do ambiente proposto- que oferece ao usuário a possibilidade de incorporar automaticamente, qualquer aplicação externa que possua uma API aberta descrita formalmente com WADL Além disso, ele oferece ainda a possibilidade de exportar suas aplicações para outros ambientes.

A evolução da Web
Tecnologia é algo que assusta e encanta. Toda vez que aparece uma novidade sinto um frio na barriga, num misto de curiosidadee medo pelo que ela (a nova tecnologia) pode provocar em nós.
Em pouco tempo são lançados aparelhos que transformam a magia em realidade, destituindo os efeitos do (antigo) caleidoscópio em pontos de vista 3D. Lançado pela Samsung em março, o celular W960 que conta com um software que converte imagens em 2D para 3D. Na posição vertical, as imagens parecem bidimensionais, mas é só virar oaparelho para a posição horizontal que elas saltam da tela e ganham volume.
Outro dia li sobre um serviço web que acaba de lançar um software que recruta, contrata e paga os funcionários. Fiquei perplexo e na tentativa de buscar uma previsibilidade que me dê um conforto humano de não ser substituído por um robô, decidi entender um pouco sobre a evolução da web.
Tão logo me chamou atenção a WEB 3.0,que na verdade não existe ainda mais é uma “tendência” para a nova estação “info
Participar, compartilhar e colaborar são as palavras de ordem no mundo da web 2.0. As estrelas dessa versão são os fóruns, comentários e opiniões em redes sociais. Há quem diga que a Web 2.0 aponta para um modelo de mídia popular, independente de grandes corporações, recriada pelos seus próprios usuários.
TimO’Reilly, o precursor do uso do termo, define que a Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede, para se tornarem melhores quanto mais forem usados pelas pessoas, em aproveitamento à chamada inteligência coletiva.
Pierre Lévy, filósofo da comunicação, considera que no “cyber space” essainteligência é distribuída por toda parte e que “ninguém sabe tudo, todos sabem alguma coisa, todo o saber está na humanidade”. Acredita ainda que o compartilhamento da memória permita o aumento do potencial da inteligência coletiva.
Essa interatividade configura uma nova construção do saber e uma nova forma de se relacionar: estamos em rede, interconectados, aprendendo e ensinando simultaneamente. Empesquisas sobre os sites mais acessados vemos que os de relacionamento estão no topo do ranking (face book, youtube, Orkut, twitter e etc.). Isso tem chamado a atenção de muitos teóricos e são cada vez mais recorrentes discussões, análises e debates sobre o assunto.
Você nunca sabe como realmente será a tecnologia do futuro. No caso da Web 3.0, a maioria dos especialistas em Internet concorda...
tracking img