Alvenaria estrutural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7623 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE

1 EDIFÍCIOS EM ALVENARIA ESTRUTURAL 2
1.1 Histórico 2
1.2 Histórico no Brasil 3
1.3 Projeto em Alvenaria Estrutural 4
1.4 Concepção Estrutural 5
1.5 Tipos de Alvenaria 7
1.6 Modulação 12
1.7 Patologias em Alvenaria Estrutural 18
1.8 Principais Anomalias 21
1.9 Considerações Finais 24
2 SISTEMA DE CIMBRAMENTO METÁLICO 26
2.1 Obra Visitada 26
2.2Escoramento Metálico 26
2.3 Definição 29
2.4 Vantagens da Utilização 30
2.5 Projeto e Reescoramento 30
2.6 Sistemas de Cimbramento Metálico 32
2.6.1 Escoras (ou sistema pontual) 32
2.6.2 Torres metálicas 33
2.6.3 Mesas Voadoras 34
2.7 Campo de Utilização dos Cimbramentos Metálicos 34
2.8 COMPONENTES 35
2.8.1 Escoras 36
2.8.2 Torres 36
2.8.3 Vigas metálicas 362.8.4 Treliças 36
2.9 Condições Gerais para o Cimbramento Metálico 36
2.10 Cuidados Durante a Instalação 37
2.11 Normas Técnicas 38
2.12 Dimensionamento do Escoramento Metálico 38

    

EDIFÍCIOS EM ALVENARIA ESTRUTURAL
Histórico

A Alvenaria como material estrutural é um método construtivo muito antigo. As paredes de pedra e tijolos cerâmicos eram usadas desde a antigüidade,podendo-se citar dentre as grandes obras executadas:
- Pirâmides (2600 AC): 3 grandes pirâmides construídas com blocos de pedras. A maior mede 147 metros de altura com base quadrada de 230 metros. Foram utilizados aproximadamente 2,3 milhões de blocos de peso médio igual a 25 kN.
- Farol de Alexandria (280 AC): construído numa das ilhas do porto de Alexandria, tinha 134 metros de altura e foidestruído por um terremoto no século XIV.
- Catedral de Reims (século XIII): em estilo gótico, utiliza vãos relativamente grandes, com peças apenas comprimidas. Amplo interior em arcos que sustentam o teto, apoiados em pilares esbeltos, contraventados por arcos externos.
- Edifício Monadnock (1890): edifício de 16 andares e 65 metros em Chicago, com paredes de 1,80 metros de espessura. Consideradoousado para a época, teria espessuras de paredes da ordem de 30 cm se dimensionado com os procedimentos atuais. Com o advento do desenvolvimento industrial, novos materiais surgiram e ocuparam os espaços na construção, especialmente o aço e o concreto armado, entre 1900 e 1960. A alvenaria foi substituída pela versatilidade, esbeltez e desempenho destes novos materiais.
Foi a época das estruturasaporticadas. Nos anos 50, a alvenaria ressurgiu na Europa, como estrutura – não armada - e também com função de vedação. Há registros de um edifício de 13 andares e 42 metros na Suíça, com paredes de 37,5cm e 15cm (externas e internas respectivamente, diferença provável em 7 funções de aspectos de conforto térmico). Nos EUA ela era normalmente utilizada com armadura, devido à possibilidade desismos.
Atualmente se executam edifícios de até 22 andares na Europa e EUA. O limite teórico, em função dos materiais, estaria entre 30 e 40 pavimentos.

Histórico no Brasil

A alvenaria demorou a ser utilizada no Brasil. Em 1966 foram construídos os primeiros edifícios com blocos de concreto, de 4 pavimentos. A primeira grande obra foi o Central Parque Lapa, um conjunto de 4 prédios com 12andares, em alvenaria armada com blocos de concreto. Em alvenaria não-armada, apenas em 1977 foram construídos edifícios de 9 pavimentos com blocos sílico-calcários de espessura igual a 24 cm nas paredes estruturais.
Os primeiros empreendimentos tinham tecnologia americana (blocos de concreto e bastante armadura, devido aos terremotos naquele país). Inicialmente surgiram muitas patologias, decorrentesda adaptação da tecnologia importada à mão de obra local, aos materiais e ao clima. A utilização decaiu até 1986, depois de muitas obras arrojadas terem sido executadas.
Conjuntamente aos blocos de concreto, surgiram os blocos sílico-calcário (Prensil) e os blocos cerâmicos especiais para uso estrutural. Paralelamente, desenvolveu-se o processo para normalização do uso da alvenaria estrutural...
tracking img