Alvenaria estrutural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Prof.ªMSc. Deyse Macêdo

Estrutura convencional

Alvenaria estrutural



Facilmente adaptável às formas, por ser lançado em estado semi fluído; Economia nas construções pela possibilidade de obtenção de materiais nas proximidades da obra; Facilidade e rapidez na construção com o uso de peças pré-moldadas, estruturais ou não, e de tecnologias avançadas para a execução de formas eescoramentos.
Durabilidade elevada; Boa resistência a choques, vibrações e altas temperaturas.



Fissuração inerente resistência a tração;

à

baixa







Consumo elevado de formas de madeira, escoramento e execução lenta. As normas técnicas determinam prazos mínimos para a retirada de formas e respectivos escoramentos, para as diferentes peças estruturais; Dificuldade emadaptações posteriores. Alterações significativas na edificação exigem revisão de projeto estrutural, o que implica, muitas vezes, a necessidade de reforço na estrutura.







Vantagens

Desvantagens






 




Utilização de blocos de melhor qualidade, preferencialmente com furos na vertical para facilitar a passagem de instalações; Planejamento prévio; Projeto daprodução; Treinamento da mão-de-obra; Utilização de família de blocos com blocos compensadores para evitar a quebra de blocos na execução; Redução drástica do desperdício de materiais; Melhoria nas condições de limpeza e organização do canteiro de obras.



Necessário o planejamento e concepção do projeto de alvenaria; Necessária compatibilização projetos; a de





Imobilidade ou imutabilidadede algumas vedações presentes na edificação.

Vantagens

Desvantagens

Fonte: Téchne, 2003



A função básica da alvenaria comum é a vedação (ou fechamento), enquanto a alvenaria estrutural substitui dois principais sistemas de construção: A estrutura de concreto armado e os fechamentos de alvenaria;



A alvenaria estrutural é um sistema construtivo que evoluiu bastante,atualmente é possível construir edifícios de vários pavimentos com o mesmo princípio de funcionamento estrutural.
Fonte: Téchne, 2003



Não armada;
Armada;





Parcialmente armada.

Fonte: Prudêncio, Oliveira e Bedin (2002)

Logística de execução
Fonte: Téchne, 2003

Armazenagem e rastreabilidade

Transporte de blocos na obra
Fonte: Téchne, 2006

Alvenaria racionalizada 

Como não se utiliza projeto de alvenaria, as soluções construtivas são improvisadas durante a execução dos serviços; A mão-de-obra pouco qualificada executa os serviços com facilidade, mas nem sempre com a qualidade desejada; O retrabalho: os tijolos ou blocos são assentados, as paredes são seccionadas para a passagem de instalações e embutimento de caixas e, em seguida, são feitosremendos com a utilização de argamassa para o preenchimento dos vazios; O desperdício de materiais: a quebra de tijolos no transporte e na execução, a utilização de marretas para abrir os rasgos nas paredes e a freqüência de retirada de caçambas de entulho da obra evidenciam isso; Falta de controle na execução: eventuais problemas na execução são detectados somente por ocasião da conferência de prumo dorevestimento externo, gerando elevados consumos de argamassa e aumento das ações permanentes atuantes na estrutura.











   

Com a tendência de utilização de estruturas cada vez mais esbeltas, têm surgido algumas patologias nas alvenarias, principalmente causadas por: Utilização de balanços com vãos grandes e seções transversais reduzidas; Falta ou inadequação devergas e contravergas nas regiões dos vãos; Qualidade deficiente dos materiais utilizados (tijolos, blocos e argamassas) e da execução; Problemas da ligação da estrutura com a alvenaria (ligação pilar/parede e encunhamento).

Classes A
B C

FBk(MPa) 6,0
4,0 3,0

D

2,0

Família 29 e 39

Resistência x classe

Várias famílias

Tipos de blocos

Em forma de L

Em forma...
tracking img