Alunos com necessidades educaionais especiais: conflitos e ou desafios para o fazer pedagógico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1443 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UAB/UNB - UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO HUMANO, EDUCAÇÃO E INCLUSÃO ESCOLAR – ESDH.

ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCAIONAIS ESPECIAIS: CONFLITOS E OU DESAFIOS PARA O FAZER PEDAGÓGICO

GOIÂNIA – GOIÁS JUNHO/2010

JACIRA GOMES DE OLIVEIRA SOUZA

ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCAIONAIS ESPECIAIS: CONFLITOS E OU DESAFIOS PARA OFAZER PEDAGÓGICO

Projeto apresentado à disciplina Metodologia e construção do conhecimento: contribuições para o estudo da inclusão, do Curso de Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar da Universidade de Brasília/Universidade Aberta do Brasil, como parte dos requisitos para conclusão do curso.

Orientadora: Patrícia Cristina Campos Ramos Mestre em EducaçãoGOIÂNIA-GOIÁS JUNHO/2010.

SUMÁRIO

1- INTRODUÇÃO---------------------------------------------------------------------------------------3 2- JUSTIFICATIVA--------------------------------------------------------------------------------------5 3- OBJETIVO---------------------------------------------------------------------------------------------6 4-METODOLOGIA-------------------------------------------------------------------------------------7 5- FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA------------------------------------------------------------------ 8 6- CRONOGRAMA--------------------------------------------------------------------------------------9 7- REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA----------------------------------------------------------------10

3 INTRODUÇÃO

Neste trabalho partimos da premissa que aeducação é direito de TODOS, sendo que a escola é um lugar prioritariamente onde todos aprendem e terá acesso ao conhecimento culturalmente organizado, considerando também que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Lei nº. 9.394/96 –, preconiza em seu artigo 59, inciso III, que será garantido ao educando com necessidades especiais “professores com especialização adequada em nível médioou superior, para atendimento especializado, bem como professores do ensino regular capacitados para a integração desses educandos nas classes comuns”.

Para tanto, temos como prioridade, estudar, nas atuais políticas educacionais, projetos de formação de professores e refletir se os projetos de formação que vem sendo desenvolvidos possibilitam a construção de habilidades e competências quesubsidiem o fazer pedagógico dos professores de modo a atender as necessidades educacionais especiais dos alunos que estão inseridos nas escolas. Acreditamos também, que será uma oportunidade para refletirmos até que ponto a formação que dispõem os professores contribui para a implementação de práticas pedagógicas eficientes para a o desenvolvimento de TODOS os alunos.

Considerando que no processoensino aprendizagem o professor é o mediador, é de fundamental importância que o professor seja capaz de desenvolver seu trabalho fundamentado em pressupostos teóricos que o habilite a desenvolver práticas pedagógicas que levem em conta as especificidades dos alunos. Compete também ao professor conhecer técnicas e metodologias que possam promover a aprendizagem e desenvolvimento de TODOS osalunos:

“No que consiste à educação, o cotidiano da escola e da sala de aula exige que o professor seja capaz de organizar as situações de aprendizagem considerando a diversidade de seus alunos. (...) Essa nova competência implica a organização dos tempos e dos espaços de aprendizagem, nos agrupamentos e nos tipos de atividades para eles planejadas”. (Mantoan, 2008. p 141, 142)

4

É certo queuma proposta educacional alicerçada nos fundamentos que norteiam o processo de inclusão constitui um grande desafio, uma vez que exigem novos posicionamentos em face a processos de ensino e aprendizagem, que garantam a TODOS as mesmas condições de participação. Ou seja, a educação numa perspectiva inclusiva pressupõe o aceso de TODOS os alunos a aprendizagem e a o conhecimento culturalmente...
tracking img