Aluno andre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2794 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
240

educação, ciência e tecnologia

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA NA SALA DE AULA:
PROBLEMÁTICAS E POSSÍVEIS SOLUÇÕES

ELZA MARISA PAIVA DE FIGUEIREDO CHAGAS *

RESUMO
O presente trabalho, propõe-se apresentar os fracassos da
educação matemática que ocorre em muitas de nossas instituições
educacionais. Nesta direção, primeiramente destaca alguns
problemas que auxiliam neste fracasso. Emseguida, discute algumas
possíveis soluções para minimizar aspectos negativos que levam ao
fracasso do ensino de matemática.

ABSTRACT
This project proposes to present the failures of mathematics
education that occurs in many of our educational institutions. First, it
stands out some problems that favours these faiures. Next, it
discusses some possible solutions to minimize the negative aspectsthat lead to the failure of the mathematics teaching.

1.

INTRODUÇÃO

Atualmente, encontramos, dentro da educação matemática, resultados
insatisfatórios obtidos na docência desta disciplina nos diversos níveis de ensino, ou
seja, desde a pré-escola até a universidade.

MS. em Matemática Aplicada com ênfase em Matemática Computacional pela UFRGS, doutoranda em Matemática
Aplicada pelaUSP (São Paulo), professora na Universidade Presidente António Carlos, em Minas Gerais.
*

241

educação, ciência e tecnologia
São muitas as causas que contribuem para este lastimoso quadro. Abaixo, cito
algumas delas:
- inadequação do ensino de matemática em relação ao
conteúdo, à metodologia de trabalho e ao ambiente em que se encontra
inserido o aluno em questão;
- “má” formação deprofessores, ou seja, falta de capacitação
docente;
- programas de matemática não flexíveis e muitas vezes
baseados em modelos de outros países e, conseqüentemente, são modelos
que muitas vezes não representam a realidade sócio-econômica do país;
- falta de compreensão e domínio dos pré-requisitos
fundamentais que ajudariam este estudante a obter um bom
desenvolvimento nas aulas dematemática;
- desvalorização sócio-econômica dos professores.
Acredito que o último item acima citado tem influenciado os aspectos
negativos que permeiam o trabalho docente como um todo. Tal influência é exercida
pois a educação por si só pressupõe que seja como um fenômeno social, isto é, ela é
parte integrante das relações sociais, econômicas, políticas e culturais da sociedade.
Entretanto, osaspectos relacionados com a valorização do professor em termos
financeiros não é objeto de estudo deste texto. Aqui, pretendo fazer uma análise dos
aspectos puramente educacionais que norteiam o fracasso educacional, mais
especificamente o fracasso da educação matemática.
Sendo assim, o principal objetivo deste trabalho é levantar esta problemática
tão presente em nossas instituições de ensinoe, ao mesmo tempo, iniciar um estudo
mostrando caminhos que possibilitem que o aprendiz, através de seu mestre, integre as
informações fornecidas por seus professores, pelos livros ou até mesmo pela Internet,
incorporando-os, após breve análise, à sua estrutura cognitiva.
Entendo que só conseguiremos isto através de trabalhos que enfatizem a
experimentação, a pesquisa e a descoberta, em vez darotina e da memorização.

242

educação, ciência e tecnologia
2.

O ENSINO DA MATEMÁTICA – ALGUNS PROBLEMAS

Antes de apontarmos alguns problemas sobre o ensino da matemática que
ocorrem freqüentemente em nossas escolas, devemos primeiro entender o que é ensino.
Segundo Libâneo (1991), “o ensino é um meio fundamental do progresso intelectual
dos alunos”, abrangendo a assimilação deconhecimentos. Citando o que escreve
Goldberg (1998), “o ensino resume a instrumentalização necessária à transmissão do
conhecimento, base do processo de educação”.
Muitas pesquisas têm mostrado que o ensino como um todo e, especialmente,
da matemática, deve ser um processo compartilhado, logo depende profundamente do
conhecimento do aluno sobre a importância do assunto que está em...
tracking img