Alternativas para o tratamento de lixo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3653 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
AS EVOLUÇÕES NO TRATAMENTO DO LIXO NA ESPANHA, MODELOS A SEREM SEGUIDOS.

Thamara Tofeti Lima
Universidade Federal de Uberlândia Faculdade Engenharia Elétrica, Uberlândia – MG, thamaratofeti@hotmail.com


Resumo – Este trabalho é destinado a abordar medidas adotadas na Espanha para solucionar problemas relativos ao lixo doméstico que obtiveram sucesso e mostraram-se eficientes, tanto noquesito econômico, quanto no ecológico. O sistema subterrâneo, as taxas de para reciclagem e os incentivos à coleta seletiva, aqui explanados, aliam o bem estar da população à consciência da necessidade de reduzir os impactos gerados pelo acúmulo de lixo e por seu tratamento inadequado.

Palavras-Chave – coleta seletiva, empresas associadas ao Estado, lixo, reciclagem, sistema subterrâneoDEVELOPMENTS IN THE TREATMENT OF GARBAGE IN SPAIN: MODEL TO BE FOLLOWED.

Abstract - This paper is intended to address the measures adopted in Spain to resolve problems concerning the household waste that were successful and proved to be efficient in both economic item, as in ecology. The underground system, recycling rates and the incentives for selective collection, explained here, combine thewelfare of the population to realize the necessity of reducing the impacts caused by the accumulation of garbage and its inadequate treatment.

Keywords - selective collection, member companies of the state, garbage, recycling, groundwater system
I. INTRODUÇÃO
Logo depois dos problemas de água potável e do destino dos dejetos, o lixo urbano é uma das maiores preocupações de ordem sanitária eambiental do Prefeito de qualquer cidade brasileira.. O lixo é uma questão a ser abordada de forma complexa, pois envolve, além de aspectos econômicos, políticos e ambientais, também aspectos sociais e psicológicos. O acúmulo deste nas ruas além de causar inúmeras enfermidades, devido à contribuição para que se proliferem hospedeiros biológicos de vírus e bactérias, gera mau cheiro, implicadiversos gastos para seu tratamento, que percorrem desde manutenção de um sistema de transporte para recolhimento até o seu tratamento.
A utilização dos tão conhecidos “caminhões de lixo” incentiva emissões constantes de dióxido de carbono, proveniente da queima de combustíveis no motor do caminhão, pois estes circulam diariamente e durante um longo período ininterrupto. Este sistema de coletatambém gera muitos gastos para a Prefeitura, já que é necessário abastecer os caminhões, destinar funcionários a operá-los e recolherem o lixo que foi depositado nas lixeiras e mantê-los em boas condições de funcionamento. Tais prejuízos relacionados à esse tipo de coleta de lixo ainda unem-se à reclamações da população pelo ruído e o mau cheiro que são emitidos.
O lixo recolhido é levado à aterrossanitários ou à lixões, o que requer mais gastos ainda para manutenção e não visa o reaproveitamento dos dejetos para nenhuma finalidade, tal como a reciclagem. Isso contribui para que as condições de subemprego de catadores de lixo sejam mantidas e que o desperdício seja uma prática recorrente, já que os dejetos não recebem nenhum tratamento ou tentativa de reuso.
Assim pensando é necessárioprocurar modelos de desenvolvimento alternativos para o tratamento de lixo que sejam eficientes e possam elevar o bem estar da população. Por isso vamos abordar neste artigo o sistema espanhol de tratamento de lixo, no que tange tecnologias inovadoras pra coleta e tratamento e associações entre Estado e a iniciativa privada para incentivar a conscientização da população.
II. O LIXO E OSPROBLEMAS RELACIONADOS
Até a metade do século 20 o lixo não significava um problema. A maior parte dele era formada por materiais orgânicos, como restos de frutas e verduras, assim como de animais, e tudo isso é degradável pela ação da natureza. O lixo era menor e facilmente transformado pelo próprio Meio Ambiente em nutrientes para o solo.
Muitas pessoas tinham o hábito de ter em suas casas uma...
tracking img