Alterações metabólicas no portador hiv

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1133 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ALTERAÇÕES METABÓLICAS NO PORTADOR HIV/Ads

O uso prolongado de drogas anti-retrovirais (ARV) por pacientes HIV-positivos tem se
associado, para além dos benefícios imunológicos e de controle da replicação viral, a alguns efeitos
adversos. Entre estes, a toxicidade mitocondrial é dos que mais preocupam aos médicos que assistem
a estes pacientes em virtude de seu potencial de morbidade emortalidade
As infecções oportunistas podem ser causadas por diversos agentes etiológicos, como
bactérias, fungos, vírus, protozoários, parasitas, e levam às múltiplas manifestações de ordem neurológica,
ocular, respiratória, digestiva e dermatológica (9). A morte usualmente resulta de uma dessas infecções
oportunistas e não dos efeitos diretos da infecção pelo HIV. A conseqüência da infecção por HIV alongo
prazo é que os pacientes se tornam severamente imunodeficientes
Há três sistemas orgânicos importantes que poder ser afetados com o processo infeccioso
HIV/AIDS: o sistema respiratório, o trato gastrintestinal e o sistema nervoso; estes interferem na
qualidade de vida do paciente com HIV além de trazer sérias complicações funcionais. Dentre os
problemas respiratórios mais freqüentes são: apneumonia causada pela infecção por Pneumocystis carini
e infecções bacterianas incluindo Micobacterium tuberculosis (10).
Observa-se que as complicações neurológicas resultam dos efeitos diretos da infecção pelo
HIV, das infecções oportunistas ou do linfoma que resulta de um dano ao DNA de um linfócito (11, 12);
podem ocorrer também devido ao tratamento com anti-retrovirais, neuropatias periféricase acometimento
da medula espinhal. A toxoplasmose, uma infecção por protozoários, provoca o aparecimento de cistos
cerebrais e déficits neurológicos. O citomegalovírus pode causar inflamação na retina, no cérebro e na
medula espinhal e nas suas raízes nervosas (10).
No sistema musculoesquelético existem alterações, das quais as primeiras anormalidades
apresentam-se como infecções ósseas e dotecido mole, dentre as quais se destacam a polimiosite, cujo

principal sintoma é a fraqueza muscular, principalmente nos músculos do tronco (13); e a artrite, resultante de inflamações articulares, podendo ocorrer comprometimentos musculares, de equilíbrio e
limitações funcionais (14, 15).
As complicações secundárias ocorrem frequentemente aos vários padrões de compensação
damarcha como resultado da síndrome da neuropatia periférica relacionada ao HIV ou da alteração da
biomecânica do pé e do tornozelo devido ao sarcoma de kaposi (SK). O sarcoma de Kaposi é um tumor
maligno do endotélio linfático. Os seus sintomas são lesões de cor cianótica, planas ou elevadas e com
uma forma irregular, hemorragias causadas por lesões gastro-intestinais, a dificuldade de respirar porcausa das lesões pulmonares e hemoptise também por lesões pulmonares (16, 17).
O desenvolvimento de miopatias em pacientes com AIDS tem chamado a atenção da
comunidade científica. Alguns fatores associados com a infecção pelo HIV poderiam resultar em
disfunção musculoesquelética; alguns portadores de AIDS com miosite, a miopatia inflamatória pode
ser resultado direto da infecção pelo HIV (18).
Amortalidade associada à AIDS está intimamente relacionada à incidência de doenças
oportunistas, as intervenções preventivas tornaram-se uma prática necessária (8). A epidemia da AIDS
atualmente, se caracteriza por uma dinâmica de contínua transformação e cabe ao profissional de saúde
monitorar e avaliar estas modificações, rever estimativas e propor estratégias preventivas e assistenciais (19).
Aqualidade da assistência é um importante determinante do sucesso de programas dirigidos
a doenças crônicas, como a AIDS. Além do impacto na mortalidade e na qualidade de vida dos pacientes,
a assistência bem conduzida pode contribuir para o controle da epidemia (20).
.

FISIOTERAPIA: perspectiva de avanços e desafios para o portador HIV/AIDS

A manutenção da resistência e da força, bem como a...
tracking img