Alta hospitalar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3222 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
O centro cirúrgico é uma área física do hospital, com uma equipe multiprofissional equipamento e material de consumo adequado à execução do processo cirúrgico, sendo que a sua finalidade é fornecer subsídios que propiciem o desenrolar do processo do ato terapêutico a cirurgia oferecendo condições para que a equipe médica e de enfermagem possam planejar as necessidades dos pacientesantes, durante e após a cirurgia. O paciente cirúrgico é a pessoa que irá ser submetida a uma cirurgia, eletiva ou de emergência, para o tratamento de uma doença. A hospitalização provoca para o indivíduo uma ruptura com o seu ambiente habitual, modificando seus costumes, hábitos, sua capacidade de auto-realização e de cuidado pessoal, por estar inserido num ambiente desconhecido, senteinsegurança pela doença e por fatores emocionais, não sabe como atuar, ficando dependente das pessoas que o rodeiam, o que torna de suma importância os cuidados de enfermagem.
Dentro do possível, o doente e a família serão informados da alta hospitalar com antecedência. Antes de sair do serviço ser-lhe-ão dadas todas as informações necessárias relativas à carta de alta com informações clínicas paraentregar ao seu médico assistente; data da próxima consulta se necessária; receitas; informações sobre os medicamentos, a dieta, e cuidados a ter.

2. O PACIENTE CIRÚRGICO
O paciente cirúrgico é a pessoa que irá ser submetida a uma cirurgia, eletiva ou de emergência, para o tratamento de uma doença. Desde a internação, o paciente é envolvido por vários fatores que acarretam mudanças em sua vidae na da sua família. Todo paciente cirúrgico sofre algum tipo de reação emocional, explícita ou implícita. Assim, o estresse fisiológico e emocional sempre acompanha o paciente, desde o momento do diagnóstico médico até a alta hospitalar. Não podemos deixar de salientar que, a hospitalização por si só, acarreta uma situação de estresse.
3.1 Contexto Clínico
Há dados que sugere que uma acada cinco hospitalizações sofre um evento adverso após a alta hospitalar, levando o paciente a procurar novamente atendimento em pronto-socorros, o que gera inclusive novas internações. Esses eventos poderiam ser evitados.
Muito desses eventos podem ser atribuídos a uma programação de alta inadequada, onde falta informação ao paciente e uma sistematização da seqüência de seguimento que opaciente deve ter no sistema de saúde fora do hospital. Apesar de já existirem alguns estudos focados na alta hospitalar, estes se restringiram a patologias específicas ou grupos restritos de pacientes como a população geriátrica.
Era necessário se estudar o aspecto da alta hospitalar de uma forma mais abrangente, com foco na diminuição de eventos adversos que levam a um excesso de uso no sistema desaúde de uma forma desnecessária.
3. A IMPORTÂNCIA DA ORIENTAÇÃO PARA A ALTA HOSPITALAR
Observa-se pelos relatos que há valorização das orientações para a alta, mas existe uma lacuna entre o conceito e a operacionalização do plano de alta; não há troca de informações ou acompanhamento adequado da enfermagem com relação à evolução do paciente; o médico planeja o tratamento e orienta o pacientesem a participação efetiva da equipe de enfermagem.
O preparo do cliente para a alta hospitalar deve ser iniciado a partir do primeiro contato com a enfermagem, com tempo hábil para articular as preferências do cliente ou de familiares com as informações e os recursos necessários para o seu retorno ao domicílio, assim como os sistemas de apoio comunitário que devem ser coordenados para habilitar ocliente e a família a enfrentarem o estresse e as mudanças do estado de saúde.
Estudos ainda afirmam que o desenvolvimento de um plano com resultados mutuamente estabelecidos e a comunicação continua entre o cliente e os profissionais são essenciais para um planejamento de alta bem sucedida.

4. ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA UNIDADE DE INTERNAÇÃO
* Monitorar SSVV avaliando déficit...
tracking img