Alogaritimos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6288 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Algoritmos

Adriano Caminha

caminha@cos.ufrj.br

http://www.cos.ufrj.br/~caminha

Pager: 460-1010 código 2777473

-1999-

Parte 1

1. Conceito de Algoritmo

2. Principais Conectivos (Comandos)

3. Programas e Estruturas de Dados

4. Programação Estruturada

5. Principais Características da Programação Estruturada

6. A Linguagem PORTUGOL

7.Elementos Básicos da Linguagem

8. Comandos Básicos

9. Operadores

10. Blocos e Comandos de Controle

Parte 2

11. Regras para Construção de Algoritmos

12. Máximas da Programação

13. Uma Metodologia para Desenvolvimento de Algoritmos

14. Continuação PORTUGOL: Comandos de Repetição

15. Vetores e Matrizes

Parte 3

16. Linguagem PASCAL: Apresentação

17.Elementos Básicos da Linguagem

18. Comandos PASCAL

19. Mapeamento PORTUGOL-PASCAL

Bibliografia

• Guimarães/Lages, “Algoritmos e Estruturas de Dados”, Editora LTC, 1987

• Harry Farrer, Becker, Faria, Campos, “Pascal Estruturado”, Ed. LTC, 1986 (apenas para a segunda parte, onde veremos a linguagem PASCAL)

PARTE 1

Conceito de Algoritmo

Programar é basicamente“Construir Algoritmos”.

A programação estruturada é “a arte ou técnica de construir e formular algoritmos de forma sistemática.” [Niklaus Wirth]

Segundo Wirth, “programas são formulações concretas de algoritmos abstratos, baseados em representações e estruturas específicas de dados”.

Decisões sobre a estruturação dos dados não podem ser feitas sem conhecimento dos algoritmosaplicados a eles e vice-versa: a estrutura e a escolha dos algoritmos depende muitas vezes, fortemente, da estrutura dos dados.

Num algoritmo e em particular num programa, devemos distinguir claramente dois aspectos complementares:

1. Aspecto Estático: A formulação de um algoritmo consiste em um texto contendo comandos que devem ser executados na ordem prescrita. Este texto éuma representação concreta do algoritmo e tem um caráter estático.

2. Aspecto Dinâmico: Cada execução de um algoritmo é um evento dinâmico. Os efeitos atingidos (gerados) por sua execução no tempo, dado um conjunto de valores iniciais, são o resultado do evento dinâmico.

Uma Ação é um evento que ocorre num período de tempo finito, estabelecendo um efeito intencionado e bemdefinido. Exemplos:

- Ligar a TV

- Descascar uma laranja

- Escrever no quadro

- Caminhar até a sala de aula

Não nos interessam aqui ações de efeito imprevisível. É fundamental que a ação seja executada num período de tempo finito (início em t0 e fim em t1).

Quando consideramos um evento como umaseqüência temporal de ações, cujo efeito acumulado é igual ao efeito do evento total, falamos de um Processo Seqüencial, ou apenas de um Processo.

Um mesmo evento pode geralmente ser considerado como uma ação (primitiva) ou como um processo, dependendo do nosso interesse, se estamos interessados no evento total (estados inicial e final) ou em um ou vários estados intermediários.Descreveremos então um evento na forma de um relato de um observador. O evento “ler o jornal”, poderia ser escrito por uma sucessão das seguintes subações por parte do agente (quem executa o algoritmo):

- “Abrir a porta”;

- “Apanhar o jornal no chão”;

- “Entrar em casa”;

- “Fechar a porta”;- “Sentar no sofá”;

- “Ler os assuntos de interesse”.

Observemos que existe um “símbolo de seqüenciamento” (;) indicando que as ações devem ocorrer na mesma ordem em que aparecem.

Exemplo: Qual o “Padrão de Comportamento” (seqüência de ações) utilizado para gerar a seqüência 1,4,7,10,13,16,19,22 ?

Definição de Algoritmo

“Um algoritmo é a...
tracking img