Alimentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9940 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Controle de Qualidade
SUMÁRIO
1. Introdução | |
2. Objetivo | |
3. Caracterização da Empresa | |
3.1. Organograma da Empresa | |
3.2 Lay – Out da Empresa | |
4. Localização do Estagiário na Empresa | |
4.1 Descrição do Departamento de suas Atividades | |
4.2 Definição da Atuação do Estagiário no Departamento | |
5. Descrição das Tarefas Executadas | |
5.1Procedimentos | |
5.1.1 Controle de Qualidade | |
5.1.1.1 Monitorização nos Setores do Supermercado | |
5.1.1.2 Atividades Secundárias | |
5.1.1.3 Atividades Realizadas Quinzenalmente | |
5.1.1.4 Atividades Realizadas Mensalmente | |
5.2 Instrumentos e Equipamentos Utilizados | |
5.3 Fluxograma de Produção | |
5.3.1 Entreposto de Carnes | |
5.3.2 Espetinhos | |
5.3.2.1Embalagem à Vácuo | |
5.3.3 Tempero Utilizado no Açougue | |
5.4 Abastecimento de Água | |
5.5 Análises Microbiológicas e Físico-Químicas | |
5.5.1 Coliformes Totais e Fecais | |
5.5.1.1 Escherichia coli | |
5.6 Controle Integrado de Pragas | |
5.7 Treinamentos | |
5.8 Relatos de Avanços Tecnológicos não Vistos no Curso | |
6. Benefícios do Estágio | |
7. Conclusão | |
8.Sugestões | |
9. Anexos | |
Agradecimentos | |
* INTRODUÇÃO
Na indústria competitiva de produtos e serviços, a qualidade vem se tornando uma das grandes armas para se obter vantagens no mercado. Com o aumento da vigilância do consumidor em relação à qualidade dos alimentos que compra, aumento a competição entre indústrias e intensificação das atividades dos órgãos oficiais de inspeção,a indústria competitiva de alimentos não poderá mais considerar a garantia da qualidade como um trabalho em tempo parcial, muitas vezes apenas para cumprir um protocolo.
A meta da indústria de alimentos em termos de qualidade deve ser a de fornecer um produto em que a qualidade seja estudada, entendida, elaborada, construída, mantida e comercializada ao custo mais econômico e que possibilitecompleta satisfação do comprador/consumidor (CHAVES, 1998).
A necessidade constante de aperfeiçoamento das ações de controle sanitário na área de alimentos visando à proteção as saúde da população, faz-se necessário a criação de requisitos higiênicos sanitários gerais aplicáveis em todo o território nacional.
As Boas Práticas de Fabricação (BPF) vêm tornar possível o nivelamento dos manipuladoresde alimentos e suas empresas, buscando segurança alimentar. Formam um conjunto de princípios e regras para o correto manuseio dos alimentos, abrangendo desde matérias-primas até o produto final, de forma a garantir a segurança e a integridade do consumidor.
Para estabelecer as Boas Práticas de Fabricação é necessário que se conheça primeiramente o processo produtivo envolvido na fabricação doproduto, bem como as limitações impostas pelo uso feito pelo cliente ou consumidor final, de forma que se tenha uma idéia preliminar dos perigos potencias e os riscos de contaminações envolvidos.
As atividades praticadas no estágio estão relacionadas com o Controle de Qualidade, em especial as Boas Práticas de Fabricação abrangendo desde as matérias-primas até o produto final, garantindo a segurançae a integridade do consumidor, e acima de tudo, gerando e oferecendo produtos de ótima qualidade.
Durante a prática das atividades desempenhadas há a preparação de recursos necessários para realização das boas práticas, tais como aplicar, auxiliar, preencher, monitorar, verificar, arquivar, contribuindo com os procedimentos do setor da qualidade .
* OBJETIVO
Demonstrar de forma clara eobjetiva as atividades exercidas durante o trabalho efetuado, e descrever o desempenho e aperfeiçoamento profissional e técnico adquirido.
* CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA
Em 1991,somente o proprietário trabalhando, funcionando apenas como açougue e com vontade imensa de expandir as vendas, que a Carnes e Frios Ltda. foi fundada, na Rua Alexandrino Alves Vieira no bairro Santo Rosa, situado em...
tracking img