Alienação e ideologia - resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1474 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ALIENAÇÃO E IDEOLOGIA

O trabalho como práxis, alienação na sociedade industrial, ideologia e trabalho, alienação, ideologia e educação, conta-ideologia. (Resenha)
ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Filosofia da Educação. 3ª ed. rev. e ampl. São Paulo, SP: Moderna, 2006

O trabalho como práxis

Atividade própria do homem, distinta da ação animal. Significa união dialética da teoria e da prática.Dialética é a relação entre teoria e prática porque não existe anterioridade nem superioridade entre uma e outra, mas sim reciprocidade.
Uma não pode ser compreendida sem a outra, pois ambas se encontram numa constante relação de troca mútua.
Práxis é qualquer ação humana sempre carregada de teoria (explicações, justificativas, intenções, previsões. Também toda teoria, como expressão intelectual deações humanas já realizadas ou por realizar, resulta da prática.
O trabalho é condição de liberdade desde que o trabalhador não esteja submetido a constrangimentos externos, tais como a exploração, situação em que deixa de buscar a satisfação das suas necessidades para realizar aquelas que lhe foram impostas por outros. Quando isso ocorre, o trabalho torna-se inadequado à humanização: trata-sedo trabalho alienado.

A sociedade industrial
O homem antecipa a ação por meio do pensamento, criando idéias, teorias, que seriam na verdade o resultado de um trabalho "não-material", ou seja, um trabalho intelectual.
Desde o início da civilização, no entanto, sempre que na sociedade são criadas relações hierárquicas, dá-se a separação entre trabalho intelectual e trabalho manual. Com isso,aqueles que se ocupam com o trabalho intelectual tendem a desprezar as atividades manuais, enquanto os trabalhadores braçais, ao assumir essa "inferioridade" imposta, deixam de ter clareza teórica suficiente a respeito de sua prática, mantendo-se presos a uma atividade tão intensa e tão divididos que a reflexão se torna quase impossível.
Como o trabalhador não realiza ele mesmo a reflexão sobre o seufazer, acolhe sem críticas as formas de pensar vigentes na sociedade, elaboradas por sua vez pelos grupos que detêm o controle das instituições e cujas atividades são predominantemente diretivas. Essas idéias dizem respeito aos conhecimentos, valores, normas de ação, e são disseminadas pelos meios mais diversos - inclusive a escola - aceitas pela maioria.
A situação torna-se mais crítica com odesenvolvimento do sistema capitalista, a partir do nascimento das fábricas, nos séculos XVII e XVIII. Os trabalhadores sofrem uma mudança radical em relação aos hábitos adquiridos nas manufaturas, nas quais a atividade era até então predominantemente doméstica.
Com o surgimento das fábricas - em que os trabalhadores se agrupam em grandes galpões e se submetem a um ritmo de trabalho cada vez maisintenso - acentua-se a dicotomia concepção x execução do trabalho, ou seja, o processo de separação entre aqueles que concebem, cria, inventam o que vai ser produzido e aqueles que são obrigados à simples execução do trabalho.
Alienar, portanto, é tornar alheio, é transferir para outrem o que é seu.

Quando em uma sociedade aparecem segmentos dominantes que exploram trabalho humano - como nos regimesde escravidão, de servidão - ou ainda quando, para sobreviver, o indivíduo precisa vender sua força de trabalho em troca de um salário, estamos diante de situações em que o homem perde a posse daquilo que ele produz. O produto do trabalho é separado, alienado de quem o produziu
Com perda da posse do produto, o próprio homem não mais se pertence: não escolhe o horário, o ritmo de trabalho, nemdecide sobre o salário; não projeta o que vai ser feito, sendo comandado de fora, por forças estranhas a ele. Com a alienação do produto, o próprio homem também se torna alienado, deixando de ser o centro ou a referência de si mesmo.
Ideologia e trabalho

O trabalho serve para a subsistência humana, desde os séculos passados, todos querendo conquistar uma vida digna para a família. Pois no entanto...
tracking img