Alguns apontamentos sobre george simmel

UNESP – FFC – CAMPUS MARÍLIA

TRABALHO DE TEORIA SOCIOLÓGICA I

ALUNO: RAFAEL MARTINS SPINA
PROFESSORA: CAROLINE

MARÍLIA – 2011
ALGUNS APONTAMENTOS SOBRE O TEXTO DE GEORG SIMMEL (“Como asformas sociais se mantém”; “O problema da Sociologia”; “O campo da Sociologia”)

Georg Simmel é um pensador do século XX que se consagrou, principalmente entre os norte-americanos, por suas teoriassobre a migração. Porém, o texto que me focarei para realizar este ensaio é sobre suas considerações sobre “como as formas sociais se mantém”, “o problema da sociologia” e “o campo da sociologia”.Nesses três textos, podemos perceber claramente a influência de dois autores importantíssimos no campo das ciências sociais: Émile Durkheim e Max Weber.
A influência do primeiro autor é percebida emsuas considerações sobre o ser individual e coletivo. Para Simmel, a sociedade é formada por indivíduos que se “encontram vinculados uns aos outros por força da influência mútua e da determinaçãorecíproca que exercem uns sobre os outros.” (P. 83). Aqui, percebemos a relação com a teoria da força coletiva que a sociedade exerce no indivíduo, de Durkheim. Além disso, ele também afirma a existência deum sujeito individual e um sujeito coletivo. Portanto, o indivíduo possui, dentro de si, dois “seres”: um ser coletivo (cujas ações são nada mais que reflexos da sociedade em que vive) e um serindividual (que possui as próprias ideias e atos).
Já para a influência de Weber, podemos constatar em sua definição sobre sociedade. Simmel vê a sociedade “em toda parte onde os homens se encontram emreciprocidade de ação” (P. 48). Ora, Weber também afirma que existe uma sociedade a partir do momento em que os indivíduos agem levando em consideração o outro, ou seja, quando há “reciprocidade deação”. Existem, além desses, outros exemplos que definiriam ainda mais a influência desses dois autores em Simmel, porém vou me conter apenas nesses, para não me estender.
Ao longo do texto, Simmel...
tracking img