algumas perguntas sobre tomas de aquino

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (636 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto


2-) Por que Tomás de Aquino rejeita o argumento antológico de Santo Anselmo nos capítulos 10 e 11? E por que ele aceitará uma variação deste no capitulo 22?
A partir do século XIII, algunspensadores começaram a se preocupar com a elaboração de teorias que provassem a existência de Deus, uma vez que elas seriam uma ferramenta poderosa de convencimento dos infiéis e de convenção dosgentios. A teoria de Tomas de Aquino se diverge a de Santo Anselmo ao ponto que este se refere a Deus como algo compreensível à mente humana. Segundo Aquino, o homem, por suas fraquezas e imperfeições não écapaz de entender a Deus e Sua origem, como é incapaz de entender a eternidade, por exemplo, portanto a fé se torna o pressuposto básico para a salvação. Apesar das divergências entre as teorias,Aquino aceita que Deus não pode ser reconhecido senão como existente, mas explica que isso significa que Ele existe apenas como espirito. Portanto, ainda que contraditoriamente, Santo Tomás admite aidentidade entre essência e existência, em Deus.
3-) Explique com suas próprias palavras a prova da existência de Deus pelo movente imóvel de Tomás de Aquino.
Para Tomás de Aquino a existência de Deuspode ser provada frente a cinco vias que são como cinco caminhos pelos quais nossa inteligência pode admitir tal fato. Uma dessas Vias é a via de movimento, que define movimento de como modificaçãodos seres. Movimento é compreendido como qualquer passagem de potência para ato, onde potência é a possibilidade de realização e ato é a realização. A partir de então São Tomás usa como ponto de partidada primeira via racional a provar a existência de Deus: “Nossos sentidos atestam, com toda certeza, que neste mundo algumas coisas se movem. Ora, tudo o que é movido é movido por outro. Nada se moveque não esteja em potência em relação ao termo de seu movimento; ao contrário o que se move o faz enquanto se encontra em ato” (S. Th. I, q.2, a. 3). Desse modo tudo o que se move também é movido,...
tracking img