Algoritmo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1390 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Estudo de Caso :

Sapo (Science Automatic Press Observer) - Software/S.I. Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Unicamp

Entre os dias 27 e 28 de maio de 2003, Carlos Vogt, presidente da Fapesp e coordenador do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (LABJOR) da Unicamp, apresentou em Salamanca, Espanha, na primeira oficina de indicadores de percepção pública, culturacientífica e participação cidadã (Primer Taller de Indicadores de Percepción Pública, Cultura Científica y Participación Ciudadana), um trabalho intitulado "Ciência &Tecnologia, Comunicação e Sociedade Questões de Ciência, Tecnologia e Inovação na Mídia Nacional". Este trabalho, escrito pelo próprio Professor Vogt, em conjunto com Rafael Evangelista, Marcelo Knobel e Cesar Brod pode ser considerado omarco inicial do que veio a se tornar o Sapo (Science Automatic Press Observer). No artigo mencionado, os autores fazem a primeira descrição do que seria o sistema a ser construído: "De modo sucinto, este sistema operará da seguinte maneira: inicialmente, os sites dos principais jornais brasileiros publicados on-line na Web são percorridos diariamente, os artigos contento as notícias são coletados earmazenados em uma base de notícias. Eventualmente, material da mídia impressa poderá também ser adicionado a esta base, através de processos de digitalização deste material. A base de notícias é atualizada diariamente de forma automática. A partir desta base, o usuário pode dinamicamente definir filtros que permitam a seleção automática de notícias relevantes para a sua aplicação ou de seuinteresse. Por exemplo, filtros que definam tópicos de CT&I podem ser aplicados de forma a selecionar notícias relacionadas a este assunto, que estão disponibilizados para pesquisa e análise." Em dezembro de 2003, em paralelo ao lançamento do livro "Percepção Pública da Ciência", publicado pela Editora da Unicamp, com apoio da FAPESP e organizado por Carlos Vogt e Carmelo Polino (responsável pela áreade programas horizontais e projetos do Centro de Estudos sobre Ciência, Desenvolvimento e Educação Superior da Argentina), uma reunião técnica envolvendo Vilson Gärtner, Cesar Brod, Rafael Evangelista, Yurij Castelfranchi e o próprio Carlos Vogt deu início oficial à construção do sistema, lançado para a comunidade em outubro de 2006. O livro "Cultura Científica: Desafios", lançado em outubro de2006, apresenta um capítulo que detalha o SAPO. "Hoje, como nunca aconteceu em toda a história, falase em comunicação científica e tecnológica; há governos nacionais ou regionais que apóiam a criação e as atividades no campo da cultura científica e tecnológica; e as próprias instituições científicas e as universidades consideram qua a divulgação não é uma desonra, mas faz parte de sua obrigação. Osmeios de comunicação de massa já não têm medo de tratar da atualidade das ciências e das tecnologias e a elas recorrem para esclarecer a atualidade em geral. Nunca como neste momento a investigação e o desenvolvimento das ciências e das tecnologias exerceram tão grande influência no nosso modo de vida e de trabalho, nas nossas concepções de espaço e tempo, nas nossas capacidades de intercâmbio ede comunicação em todo o planeta", diz Carlos Vogt, que organizou o livro.

Objetivos do Projeto Segundo Yurij Castelfranchi, do Labjor, um dos responsáveis pela criação do sistema: “O sistema é capaz de „farejar‟ edições on-line de jornais e descobrir onde está a ciência.

Trata-se de um banco de dados que coleta, seleciona e organiza os conteúdos de ciência e tecnologia”. A ferramenta foiprojetada para percorrer o conteúdo dos jornais Folha de S. Paulo, Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e O Globo, disponíveis na internet a assinantes. Considerando apenas o texto da versão impressa, o Sapo extrai as matérias que contêm termos de uma lista de palavras-chave cuidadosamente selecionadas a partir de sua tipicidade no discurso científico. “Essas palavras-chave são agrupadas em cinco...
tracking img