Algas, briofitas e pteridofitas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1722 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Goiás









Algas, Briófitas e Pteridófitas







Curso: Ciências Biológicas – modalidade bacharelado

Disciplina: Sistemática de Vegetais Inferiores

















Jataí, 13 de Junho de 2012

Algas



Reprodução assexuada
1.1 – Divisão binária
Nas algas Unicelulares, a divisão binária, ou cissiparidade é o mecanismobásico de reprodução. Este tipo de reprodução é o processo em que uma célula se divide em duas, por mitose, e origina duas células geneticamente idênticas.
Ex: diatomáceas, euglenófitas e outras.
1.2 – Fragmentação
Em muitas algas filamentosas, a reprodução ocorre por simples fragmentação do talo. Os fragmentos isolados crescem devido a multiplicação das células que os constituem, originando taloscompletos.
1.3 – Zoosporia
Algumas espécies de algas multicelulares produzem células flageladas, os zoósporos, que nadam até atingir locais favoráveis ao seu desenvolvimento, onde se fixam e originam novos talos.
Ex: alga verde do gênero Ulothrix
Reprodução Sexuada
2.1 – Fusão celular em algas Unicelulares
Nas Chlamydomonas, por exemplo, cada organismo adulto é haplóide. Dois indivíduossexualmente maduros fundem–se e originam um zigoto diplóide. Logo após, ocorre uma meiose zigótica, originando quatro indivíduos haplóides. Cada um deles origina um novo organismo, que na maturidade poderá se reproduzir tanto assexuadamente quanto sexuadamente.
Ex: alga verde do gênero Chlamydomonas
Conjugação de algas filamentosas
Algumas espécies de algas filamentosas apresentam células que sediferenciam em gametas masculinos, que atravessam pontes intercelulares, passam para células de outro filamento, diferenciadas em gametas femininos. Da fecundação surge o zigoto, que se liberta do filamento materno e se multiplica, originando um novo filamento.
Ex: alga verde do Gênero Spirogyra


2.3 – Alternância de gerações
A maioria das algas multicelulares apresenta alternância de gerações,ou seja, em seu ciclo de vida alternam–se gerações de indivíduos haplóides e diplóides.
Ex: Alga verde talosa do gênero Ulva


Distribuição das Algas

As algas são encontradas em todos os ambientes onde possam se desenvolver.

O ambiente mais rico, com certeza, é o aquático: rios, represas, lagos, lagoas, empoçados e pântanos. Porém podem ser facilmente encontradas em ambientesconstantemente úmidos como troncos de árvores, paredes, sargetas, rochas ou solo.

Existem, também, algas vivendo em locais de condições extremas e "pouco usuais": endofíticas e epifíticas (interior e em cima de vegetais), perfuradoras, epizoárias (em cima de animais), águas termais, neve, etc. Em cada ambiente a ficoflora é característica, podendo as diferenças entre os seus componentes serem, às vezes,bastante definidas.

Uma das características marcantes da ficoflora de águas continentais é o cosmopolitismo, sendo que muitas espécies são encontradas em todas as partes do mundo, dos trópicos às regiões polares, em uma variedade de ambientes. Mas, como toda regra tem a sua exceção, muitas, também, são restritas a certos ambientes, todavia podendo serem encontradas há quilômetros de distânciasuma das outras.



Importância das Algas

Algumas algas podem servir como alimento para as pessoas, como saladas feita com a própria planta, molhos, doces e sopas. Isso porque as algas contêm substâncias nutritivas Em sorvetes, glacês, geléias são utilizadas substâncias extraídas de certas algas. Elas também podem ser usadas como adubo, antibióticos e rações para animais. O mais interessantesobre as algas é que são ótimas produtoras de oxigênio, pois têm clorofila e realizam a fotossíntese. Pela fotossíntese as algas também produzem açúcares e proteínas que servirão de alimento para própria planta e para animais, entre eles o homem. As algas liberam no ar mais de 50% do oxigênio produzido nas águas dos rios e mares. Mas a poluição das águas tem afetado a vida das algas. O excesso...
tracking img