Alfafa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1573 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Seca provoca efeitos econômicos em todo o planeta

Paula Takahashi -
Publicação: 19/08/2012 09:26 Atualização:
As chuvas que finalmente começaram na última semana no Meio-Oeste dos Estados Unidos – região onde se concentra a maior produção mundial de grãos – chegou tarde demais para a lavoura já devastada pela seca. Para o milho, que deve ter 17% de perdas, com colheita de 55,5 milhões detoneladas a menos, não há grandes esperanças. A semeadura ocorreu mais cedo e, por conta disso, a fase de polinização – período de formação de pólen e desenvolvimento dos grãos – ocorreu quase toda durante o período de seca. Água é fundamental neste período, pois contribui diretamente para o desenvolvimento das espigas. Os prejuízos financeiros nos EUA são estimados em US$ 30 bilhões.

No caso dasoja, que também teve a safra revista pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), as chances de recuperação, apesar de reduzidas, ainda existem. Segundo estimativas do Itaú Unibanco, historicamente, recuperações de qualidade para a soja ocorrem, mas não devem passar de 7% até o fim da safra. O efeito dominó da maior seca vivida pelos Estados Unidos nos últimos 50 anos já começou euma possível crise alimentar, com alta generalizada de preços, já preocupa as Nações Unidas.

No Brasil – que deve tomar a posição dos EUA como maior produtor mundial de soja com 81 milhões de toneladas nesta safra – os reflexos já são sentidos em diversos segmentos. Desde os produtores de grãos até o consumidor e os índices de inflação, passando por investidores e insumos, todos devem serafetados pela devastação sofrida pelas lavouras americanas. Inclusive, com impactos esperados para o mercado de trabalho.

EFEITOS NO BRASIL

PREÇOS DAS COMMODITIES
A cotação dos grãos no mercado externo deve continuar em alta. Segundo avaliação da economista Giovanna Siniscalchi, do Itaú Unibanco, enquanto permanecer a dúvida quanto ao tamanho da queda da safra nos Estados Unidos, a pressão sobreos preços deve ser mantida. “Esperamos alta adicional de aproximadamente 30% para o preço do milho e de cerca de 10% para o preço da soja até o fim do ano”, avalia. As perspectivas de acomodação dos custos se concentram em 2013 para o caso do milho e do trigo. “Presumindo que a safra da América do Sul e a próxima safra dos EUA tenham produtividade próxima da média e que a área plantada de 2012/13será mantida, acreditamos numa lenta reposição dos estoques”, observa a economista. Os preços da soja, por outro lado, devem se manter pressionados mesmo depois de 2013, motivados pela queda dos estoques.

PRODUTORES DE SOJA E MILHO
A saca de 60Kg de soja alcançou, em termos nominais, as maiores cotações da história este ano no Brasil. Bateu os R$ 84 no porto de Paranaguá, no Paraná, e R$ 79 noTriângulo Mineiro. “O preço pago ao produtor subiu 71% no acumulado do ano até agosto na média das regiões do Brasil. No atacado, comercialização entre cooperativas e indústria de processamento, a alta chegou a 76%”, calcula Lucílio Alves, pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP. No caso do milho, a expansão soma 17% com a saca
em R$ 33 em Campinas,São Paulo – também em patamares históricos e com chances de bater
a casa dos R$ 40.

SEMENTES E DEFENSIVOS
Os preços em alta estão motivando os produtores a ampliar a área de produção para aproveitar o melhor momento vivido pela soja e milho no Brasil. O resultado pode ser a falta de sementes e até de defensivos agrícolas como cogitado pela Syngenta, maior grupo de agroquímicos do mundo. Aexpectativa da multinacional é de que a área plantada cresça em dois milhões de hectares na safra 2012/2013, aumentando em dois milhões de sacas de sementes à demanda brasileira, o que faz com que a empresa já trabalhe com possibilidade de falta de alguns produtos.

EXPORTADORES
Em julho, as vendas de milho para o exterior subiram 431,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação...
tracking img