Alface

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2855 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]










Douglas Salles Goulart
Ronaldo Lana
Washington Fideles


































Introdução.

O apelo por alimentos frescos, saudáveis, nutritivos e de alta qualidade é cada vez maior. Consumidores vêm modificando seus hábitos alimentares e, cada vez mais, tornam-se atentos à relação entre dieta e prevenção de doenças.Agências governamentais estão cada vez mais recomendando o incremento do consumo de vegetais, frutas e cereais.
Alimentos frescos são tidos como mais nutritivos e saborosos que os produtos alimentícios industrializados. Neste contexto se encaixa a alface, planta herbácea rica em nutrientes e clorofila e que tem a função de alcalinizar e desintoxicar o corpo, principalmente o fígado. Esta hortaliçaconstitui uma importante fonte de vitaminas (A, C e niacina) e sais minerais (de enxofre, fósforo, ferro, cálcio e silício).
As vitaminas são importantes para o bom funcionamento dos órgãos da visão, pele, mucosas, aparelho digestivo, sistema nervoso e vasos sanguíneos, além de evitar a má formação dos dentes, combater infecções e ajudar na cicatrização de ferimentos. Os minerais são vitais paraa saúde dos cabelos e do tecido cutâneo. O cálcio e o fósforo participam na formação dos ossos e dentes, ajudam na coagulação do sangue e na construção muscular. O ferro contribui para a formação do sangue.

Origem e Histórico.

A alface é provavelmente originária do Egito, onde as primeiras indicações de sua existência datam de 4 500 a.C. (Lindquist, 1960). Disseminou-se pela Europa e Ásia,juntamente com a expansão do Império Romano.
Chegou ao Brasil no Séc. XVI, através dos portugueses, que vieram para aqui colonizar.




Importância econômica e social.

Dentre as hortaliças de grande consumo no Brasil, encontra-se a alface, sexta hortaliça em importância econômica e oitava em termos de volume produzido (Biasi et al., 1991).
É uma cultura tradicionalmentecultivada por pequenos produtores, o que lhe confere grande importância e social.

Descrição da planta.

A alface, botanicamente Lactuca sativa, L., pertencente à família Asteraceae, como a alcachofra, o almeirão e a escarola. É planta anual, suas folhas foram modificadas e aumentadas progressivamente através dos séculos, constituindo, hoje a hortaliça mais popular para consumo como salada. Plantaherbácea, compacta, hermafrodita, com raiz aprumada e muito curta, sendo que não ultrapassa geralmente os 25 cm de profundidade e com pequenas ramificações.
Enquanto a planta está na fase de roseta o caule é imperceptível, mas quando atinge o estado de perfeito repolhamento já se pode considerar como um pequeno caule em forma cônica. Na fase de espigamento surge então um caule de maiortamanho e ramificado, que vai sustentar as flores, quando se quer observar a planta. Entretanto para na escala de produção para comercio, a planta é colhida muito cedo, no estádio de repolhamento, no período de aproximadamente 50 a 80 dias.




Propagação.


Dá-se por meio de sementes, compradas em casas de insumos agrícolas e cooperativas. Primeiro forme mudas em sementeiras ou bandejasde isopor. Quando estiverem entre cinco e sete centímetros de altura, transplante para os canteiros.





Cultivares.

As diferentes variedades se agrupam em cinco tipos bem distintos: de cabeça crespa, de cabeça lisa, romana, de folha e de haste.
Embora a maneira de cultivar qualquer um dos tipos seja a mesma, eles diferem bastante entre si quanto à sua adaptação àscondições ambientais, resultando um produto comercial inteiramente distinto para cada tipo.
Pertencem aos dois primeiros tipos as variedades repolhudas que, comercialmente falando, são as mais importantes.
As alfaces de cabeça lisas possuem folhas externas bastante macias, as internas apresentam-se como recobertas por uma substancia que lembra manteiga. É o tipo de alface que mais se cultiva...
tracking img