Alfabetização e letramento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1553 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Alfabetização e Letramento
O processo de construção da escrita infantil

Profas. Luana Serra Elias, Débora Gil Souza e Tatiana Ramires Franqueira
Ementa: O presente texto procura abordar alguns aspectos a respeito da pesquisa realizada por Emília Ferreiro e Ana Teberosky acerca de como se processa a construção da escrita segundo o pensamento infantil, desmitificando o processo dealfabetização e tornando esse aprendizado muito mais significativo e democrático.
Palavras-chave: Psicogênese da língua escrita e alfabetização.
No contexto educacional, muito se fala nas pesquisas de Emília Ferreiro e suas contribuições para a alfabetização, que anteriormente era considerada como um momento pontual e não um processo a ser construído. Entretanto, pouco ainda se conhece a respeitodessa pesquisa em sua profundidade e comumente podemos constatar interpretações errôneas acerca da mesma.
Em linhas gerais, o objetivo do trabalho desses pesquisadores baseia-se em mostrar que existe uma nova maneira de considerar os "fracassos" enfrentados pela criança, demonstrando que a aprendizagem da leitura e da escrita inicia-se muito antes do início de sua escolarização, pois a escrita,por ser um objeto de função fundamentalmente social, já faz parte do cotidiano dos educandos. Constatou-se que nenhuma criança entra na escola sem nada saber sobre a escrita e, que o processo de alfabetização é longo e trabalhoso, independente da classe social ou meio que a criança vive.
Assim, tendo em vista que ensinar a ler e a escrever continua sendo uma das tarefas especificamenteescolares, mas devido à escola, na maioria das vezes, desconsiderar a forma própria de pensar da criança, ou seja, suas construções individuais, um número significativo de crianças fracassa em seu processo de alfabetização. Por essa razão, a pesquisa foi e continua sendo de grande importância e mudanças significativas no contexto educacional, uma vez que os estudos científicos possibilitam compreender osfatores que influenciam direta ou indiretamente o processo de construção do conhecimento, sejam eles biológicos, psicológicos ou sociais, assim como, a importância da formação dos educadores que atuam no processo de alfabetização das crianças, pois essa pesquisa não demonstra mais um método a ser utilizado, mas reivindica, uma mudança na forma de pensar, praticar, e conceber a alfabetização.
Oobjetivo maior do trabalho foi apresentar a interpretação do processo de aquisição da escrita do ponto de vista de quem aprende, embasada nas pesquisas realizadas por um período de dois anos, com crianças de diferentes nacionalidades, com idade entre quatro e seis anos (FERREIRO; TEBEROSKY, 1999).
Ferreiro e Teberosky (1999) ressaltam que entre as propostas metodológicas e as concepçõesinfantis, existe uma distância que pode medir-se em termos do que a escola ensina e do que a criança aprende. O que a escola pretende ensinar nem sempre coincide com o que a criança consegue aprender. Nas tentativas de desvendar os mistérios do código alfabético, o docente procede passo a passo, do que ele considera simples ao complexo, fragmentando todo o processo de aquisição da língua escrita. Essaforma que a escola vem "ensinando" a escrever, desconsidera todo o processo de construção da criança, que na verdade, para adquirir o código alfabético, reinventam a escrita, a sua maneira. Isso porque a escrita é um processo de construção pessoal, e não uma mera cópia de um modelo externo.
Ainda para as autoras, no decorrer da pesquisa, foi possível perceber que todas as crianças,independente de sua nacionalidade, passa em seu processo de construção da escrita pelas mesmas etapas que o homem passou quando "descobriu" a escrita. De uma forma geral, refazem a mesma trajetória que a humanidade percorreu no surgimento da escrita, ou seja, passam pela fase correspondente à escrita pictográfica (forma mais antiga de escrita, usada pelo homem para representar só os objetos que podiam ser...
tracking img