Alexander

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1100 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Aula – Introdução VRML
1.O que é VRML?
R: VRML (Virtual Reality Modeling Language) é uma linguagem dependente de plataforma que permite a criação de cenários tridimencionais (3D) por onde se pode passear, visualizar objetos por ângulos diferentes e até interagir com eles. É uma linguagem textual para descrição de cenas e ambientes interativos em 3D; não é uma linguagem de programação.
2. O queé necessário para começar a criar 3D em VRML?
R: Primeiramente é necessário ter um plug-in visualizador de VRML instalado na máquina, como o Cortona por exemplo, e um editor de textos (pode ser o bloco de notas). Depois é só conhecer a linguagem, escrever os códigos e salvar o documento em formato ASCII e com extensão .wrl.
3. Descreva o significado da linha Cabeçalho Obrigatória em VRML; #VRMLV2.0 utf8.
R: O cabeçalho obrigatório tem a função de identificar arquivo que está em VRML, na versão 2.0 e com codificação utf8.
4. Implemente todos os exemplos do Tutorial e comente cada linha de código para explicar sua utilização.
R: Básico

Box
Para definir um cubo (ou um paralelepípedo) usa-se a geometria Box do
node Shape. O centro padrão de um Box é (0,0,0). A geometria temapenas um
campo size composto de 3 valores em ponto flutuante que correspondem às
dimensões do cubo nas direções X (largura), Y (altura) e Z (profundidade).
Sintaxe:

Exemplo:

Cone
Para definir um cone (chapéu de palhaço) usa-se a geometria Cone do
node Shape. A geometria tem os campos bottomRadius e height que definem o
raio da base e a altura, e dois campos opcionais side e bottom que, seomitidos,
são assinalados para TRUE.
Sintaxe:

Exemplo:

Cylinder
Para definir um cilindro (canudo de refrigerante) usa-se a geometria
Cylinder do node Shape. A geometria tem os campos radius e height que
definem o raio das duas bases e a altura, e três campos opcionais side, top e
bottom que, se omitidos, são assinalados para TRUE.
Sintaxe:

Exemplo:

Sphere
Para definir umaesfera (bola) usa-se a geometria Sphere do node Shape.
O centro padrão de uma Sphere é (0,0,0). A geometria tem apenas um campo
radius que define o seu raio.
Sintaxe:

Exemplo:

Unindo formas primitivas
As formas primitivas podem ser unidas num único programa VRML para se
construir objetos formados a partir delas. No programa Shapes.wrl, que se
segue, o objeto apresentado na figura 6 éconstruído utilizando-se apenas as
formas primitivas Box, Cylinder e Sphere. Note que o centro de todas as formas
primitivas é o ponto (0,0,0).

Transformações geométricas

No programa Shapes.wrl apresentado na seção 3.5, todas as formas
primitivas foram desenhadas a partir do centro (0,0,0). Mas é possível deslocar
(transladar) essas formas no espaço tridimensional e mesmo rotacioná-lasou
aumentar ou diminuir seus tamanhos originais a partir de operações de
translação, rotação e escala. Essas operações são realizadas a partir do node
Transform.
O Transform é um group node. Um group node permite que se defina um
conjunto de nodes como um único objeto. Mas o principal propósito do node
Transform é definir um sistema de coordenadas local para os nodes pertencentes
aogrupo.
Todos os nodes dentro de um grupo Transform são afetados pelas
transformações geométricas. Os principais campos (os outros campos:
scaleOrientation, center, bboxCenter e bboxSize não serão aqui abordados)
que estão presentes no node Transform são:

scale: especifica uma transformação de escalamento 3D. São passados 3
valores em ponto flutuante: o primeiro se refere aoescalamento do objeto na
direção X, o segundo na direção Y e o terceiro na direção Z.
rotation: define uma rotação em torno de um eixo. A rotação é definida por
um vetor (x,y,z) e um ângulo em radianos.
translation: define a origem do sistema de coordenadas local.
children: contém todos os nodes incluídos no group.

Sintaxe:

Exemplo:

O programa TransRotScale.wrl mostra um...
tracking img