Alexander sutherland neill

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4495 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Alexander Sutherland Neill
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alexander Sutherland Neill

Neill, fotografado por filha no seu aniversário
Nascimento 17 de outubro de 1883
Forfar, Escócia

Morte 23 de setembro de 1973
Inglaterra

Ocupação Educador

Alexander Sutherland Neill (Forfar, Escócia, 17 de outubro de 1883 - 23 de setembro de 1973),educador, escritor e fundador da escola Summerhill. Ficou famoso por defender a liberdade das crianças na educação escolar.
Índice
[esconder]
• 1 Vida
• 2 Summerhill
• 3 Obras
• 4 Bibliografia
• 5 Ver também
• 6 Ligações externas

Vida
Filho de uma numerosa família, seu pai, um mestre-escola, usava um bastão de ferro para disciplinar a classe. Trabalhou um tempo como auxiliar do seu pai eaos 25 anos de idade foi para a Universidade de Edimburgo onde se graduou em Inglês. Em 1914, se tornou diretor de uma pequena escola em Gretna Greem e lá escreveu A Dominie Log (Diario de um Mestre-Escola), o seu primeiro livro. Já nessa publicação, manifesta seu descontentamento com a escola tradicional.
Em 1917 visitou Little Commonwealth, uma instituição para jovens delinqüentes quefuncionava com base no princípio do auto-governo. Homer Lane, que coordenava o reformatório, introduziu Neill a dois elementos que foram essenciais em sua prática pedagógica: o auto-governo e a importância do bem-estar emocional das crianças.
Em 1921 fundou a International Schoool, que mudou de sede por algumas vezes até se estabelecer em Leiston, condado de Suffolk, a 160 quilômetros de Londres, passandoentão a se chamar Summerhill.
Casou duas vezes. Sua segunda mulher, Ena Wood Neill, administrou Summerhill junto com ele por algumas décadas até que a filha do casal, Zoe Readhead, assumiu o cargo.
Summerhill
Na área da educação, o educador britânico Homer Lane foi a principal influência de Neill. Ele também era um grande admirador e amigo do psicanalista Wilhelm Reich e se dedicava aosestudos da teoria freudiana.
O autor acreditava que a felicidade é fundamental para o desenvolvimento das crianças e que essa felicidade tem origem num senso de liberdade das mesmas. Para ele, as escolas tradicionais privam de liberdade seus alunos e as consequências da infelicidade vivida pelas crianças reprimidas estão na origem da maioria dos problemas psicológicos da vida adulta.
A fundação deSummerhill deu formato as propostas pedagógicas de Neill, distintas da linha hegemônica da época. Sustentava que os jovens devem ser estimulados a aprender em um ambiente de liberdade e de responsabilidade.
Influenciado pelo pós-I Guerra Mundial, o autor parte do princípio de que a humanidade está doente e essa doença decorre do tratamento repressivo que as crianças recebem numa sociedadepatriarcal. Inclusive nas questões ligadas à repressão sexual, em especial quando associadas a normas religiosas mal compreendidas. Responde a isso afirmando que toda criança tem direito à liberdade e que um grupo de crianças se auto-regula, estabelecendo em conjunto as próprias normas. "Para resumir, meu ponto de vista é que a educação sem liberdade resulta numa vida que não pode ser integralmente vivida.Tal educação ignora quase inteiramente as emoções da vida, e porque essas emoções são dinâmicas, a falta de oportunidade de expressão deve resultar, e resulta, em insignificância, em fealdade, em hostilidade. Apenas a cabeça é instruída. Se as emoções tivessem livre expansão, o intelecto saberia cuidar de si próprio." (NEILL, 1963, p. 93)
Em Summerhill, as crianças não são obrigadas a assistir asaulas e, além disso, as decisões da escola são tomadas em assembléias onde todos votam, incluindo professores, alunos e funcionários. Para o autor, a experiência nessa escola mostrou que, sem a coerção das escolas tradicionais, os estudantes orientam sua aprendizagem através do seu próprio interesse, ao invés de orientar pelo que lhe é imposto.
Na escola, nenhum adulto tem mais direitos que...
tracking img