Alcalinos terrosos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2238 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Química
(Alcalinos Terrosos)










SP/2012










Alcalinos Terrosos






Trabalho realizado para avaliação do





















SP/2012
Sumário

Introdução .................................................................... Pág: 04
Desenvolvimento................................................................... Pág: 05
Conclusão .................................................................... Pág: 08
Bibliografia .................................................................... Pág: 09Introdução

Metais alcalino-terrosos (o termo “terroso” refere-se a “existir na terra”)
Os metais alcalinos-terrosos são os elementos químicos do grupo II (2A) da tabela periódica, formando uma família ou uma série química, apresentam configuração eletrônica terminada em ns2, ou seja, possuem dois elétrons na camada de valência e são os seguintes: berílio (Be), magnésio (Mg), cálcio (Ca),estrôncio (Sr), bário (Ba) e radio (Ra). Este último apresenta um tempo de vida média muito curto; eles formam uma série bem comportada de metais altamente reativos, mas menos reativos que os metais alcalinos. Geralmente, são divalentes e formam compostos iônicos incolores. Os óxidos e hidróxidos são menos básicos que os metais alcalinos; portanto seus oxossais (carbonato, sulfatos e nitratos) são maissusceptíveis ao calor.
São metais de baixa densidade, coloridos e moles. Reagem com facilidade com halogênios para formar sais iônicos e com a água (ainda que não tão rapidamente como os metais alcalinos) para formar hidróxidos fortemente básicos. São todos sólidos.
Os metais alcalino-terrosos, quando em estado de vapor, permanecem sob a forma de átomos, e não de moléculas diatômicas, como ocorrenos metais alcalinos. Isso acontece porque os elementos do grupo II A possuem o último orbital s completo com dois elétrons, o que não permite a formação de uma ligação covalente. As energias de hidratação dos íons do grupo II A são cerca de quatro vezes maior que as dos íons do grupo I A. Isso se deve ao menor tamanho e à maior carga, e o valor de DHhidr decresce de cima para baixo no grupo, àmedida que aumenta o tamanho dos íons. Como são cátions menores e de maior carga, geram um campo elétrico maior, que envolve maior quantidade de moléculas de água.



























Desenvolvimento

Alcalinos terrosos
Os elementos metais alcalinos terrosos

Os elementos do grupo 2 da tabela periódica, mais conhecidos como metais alcalinos terrosos, formamuma série bem comportada de metais altamente reativos, mas menos reativos que os metais alcalinos.


Geralmente, são divalentes e formam compostos iônicos incolores. Os óxidos e hidróxidos são menos básicos que os metais alcalinos; portanto seus oxossais (carbonato, sulfatos e nitratos) são mais susceptíveis ao calor. O magnésio é um importante metal estrutural, sendo usado em grandesquantidades (303.000 toneladas em 1993). Diversos compostos são utilizados em grandes quantidades: calcário (CaCO3) é utilizado para a preparação de cal virgem ( CaO: 127,9 milhões de toneladas em 1993) e cimento (1.396 milhões de toneladas em 1993), além de 14,2 milhões de toneladas de giz. Outros compostos usados em grandes quantidades incluem o gesso CaSO4 (88,2 milhões de toneladas em 1992), fluorita,CaF2(3,6 milhões de toneladas em 1992), magnésia; MgCO3 (10,8 milhões de toneladas em 1992) e barita, BaSO4 (4,9 milhões de toneladas em 1992).
Os metais desse grupo são reativos demais para serem encontrados livres na natureza.
A reatividade dos Metais Alcalino-Terrosos tende a crescer no mesmo sentido que da eletropositividade. E o número de oxidação é +4.Têm a cor branca prateada. Eles...
tracking img