Aise

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (361 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Agrupamento de Escolas D. Maria II ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE GAMA BARROSCURSOS E.F.A. – SECUNDÁRIOÁREA DE FORMAÇÃO: CLC - FCD 7 – Fundamentos de Cultura, Língua e ComunicaçãoFormadora: PaulaCardoso Grupo de Formação: CG 5Formando: Conflita DiogoData:13 / 02 / 2013 |

Miúdo(a)

Não me lembro exatamente quando tudo começou, me parecia muito de vertido forma como eu lhe dava com as coisas, mesmo sendo muito séria, e com pessoas adultas, nãocontrolava as minhas emoções e lá vinha mas uma «MIUDO (A)» eram mas fortes e encantadoras, mas nada foi tão fácil para costumar os que estavam à minha volta alguns sentiam-se mesmo ofendidos por umafrase inofensiva, tinha de dar explicações. Com o tempo foram ficando habituados à mesma hoje é a palavra mais usada por alguns deles para comigo com os outros.
Ainda me lembrou quando tratei assimum grande amigo meu. Eu o saudei e el ficou furioso e quis ir-se embora, tive de dar-lhe uma explicação convincente, mas pela expressão no seu rosto se não fosse meu amigo e se não tivesse tantaadmiração por mim, nunca pude imaginar como seria o meu dia naquele momento. E hoje ele, quando me trata por miúda, sorri da própria palavra e vê como sou liberal com as novas palavras.
O meu pai e meusirmãos mais velhos não escapam da mesma, e recebem-na de uma forma natural. Nunca me questionaram por tratá-los por “miúdo”. Isto deu-se porque a minha mãe não gostava de ser tratada como senhora,dizia que ser chamada de senhora a envelheceria muito rápido, por isso durante muito tempo, a tratámos pelo nome próprio, agora é a principal forma de saudação” olá, miúdo (a).”
O mas importante paramim, hoje, é saber que todos que eu trato assim sabem que, acima de tudo, nutro um sentimento de respeito para com todos eles, que são pessoas muito especiais para mim , que embora à primeira vista...
tracking img