Aids

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1184 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Embora alguns pacientes busquem o atendimento psicológico por se sentirem confusos, discriminados, ao mesmo tempo temem que isso possa acontecer também no local onde buscam ajuda.
A primeira reação que afeta o psicológico de um paciente portador da AIDS: Embora as reações variem de acordo com a personalidade e qualidade dos vínculos afetivos de cada paciente:
A culpa, porque fui usar drogas,porque injetáveis, porque tinha que ser eu, não vou ser como os outros: A Constituição Federal garante aos brasileiros e aos estrangeiros O direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade (art. 5°). O paciente com AIDS tem esses mesmos direitos, em especial o relacionamento com a vida e com o adequado tratamento médico e hospitalar, compreendendo este os meios necessários paraa melhora da condição mórbida e da mitigação do sofrimento.
Preconceito: Todos esses pacientes tem medo da sociedade tratar-los de forma diferente pois o estigma social da AIDS pode constituir-se em um ponderável fator para a intensificação de tais sentimentos. É fundamental que todas as pessoas que se acham cidadãos tenham condições de observar em si mesmo uma eventual tendência àrecriminação do paciente, movida pelo preconceito, a fim de poder trabalhar não alimentando uma postura discriminatória.
Relaxo familiar: Da família, do casamento e dos filhos: A doença pode afetar o casamento e as relações entre os cônjuges e os filhos. Ocultando um dos cônjuges ao outro estar acometido de AIDS, levando-se em conta a gravidade e a transmissibilidade da moléstia pelo contágio, poderá ocorrererro essencial sobre a pessoa do outro cônjuge. Podendo também haver a separação do casal,. (Código Civil, arts. 200, § 1.°, 219, inc. Ill).
Exclusão social: O médico, equipe de enfermagem entre outros não pode recusar-se a atender o portador da doença sob alegação de risco profissional, ou de ser contaminado, porque a sua função é exatamente esta. O mesmo ocorre com o pessoal da área médica ecom o hospital. Deve o médico guardar absoluto respeito pela vida humana, atuando sempre em benefício do paciente. Jamais utilizar seus conhecimentos para gerar sofrimento físico ou moral. (Código de Ética Médica, art. 6.°).
Medo da morte: A morte é comum a todos, assim como a aflição humana frente a ela. fim, eles ficam tomados pela aflição de morte, demandam uma reestruturação de suas defesas,necessárias à continuidade da vida. Aos profissionais de saúde cabe pensar nas psicoterapias mais adequadas, buscando atender da melhor forma os pacientes no período crítico que se segue ao diagnóstico de HIV positivo.
Depressão e medo de perda do emprego: O portador do vírus da AIDS que firmar um contrato de trabalho não poderá ser prejudicado em seus direitos trabalhistas, previdenciários eacidentários. Em vigor o contrato, pode ser reintegrado em caso de despedida (por se encontrar acometido da doença), e a entidade autárquica federal e seguradora obrigatória deverá ampará-lo tanto no campo previdenciário como acidentário, dependendo da origem da moléstia. Não há qualquer norma que proiba o paciente de trabalhar. O que deve ser observado é sua possibilidade e os cuidados para que nãotransmita a doença.
Os etagios psicológicos do paciente portador de AIDS:
O primeiro estágio seria o da negação e do isolamento. Nesse momento, o paciente nega sua doença ou a gravidade de seu quadro. A negação por vezes cumpre a função de um amortecedor que entra em ação com o choque da notícia sobre a doença, e possibilita que o paciente se recobre e mobilize outras defesas para encarar o seudiagnóstico.
O segundo estágio, o da ira, é caracterizado pela revolta, inveja e ressentimento. Sua mais clara manifestação se dá com a pergunta: "Por que eu?". Porque tive curiosidade dos efeitos dessas drogas, Nesta fase, a pessoa é bastante hostil com quem quer que esteja por perto.
o terceiro estágio. Nesta fase o indivíduo se entrega a promessas, em troca de mais tempo de vida. As...
tracking img