Agsa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 69 (17248 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A visão do MDA
ÍNDICE
CAPÍTULO 1
Introdução

02

CAPÍTULO 2
A Importância da Igreja Local

04

CAPÍTULO 3
A Importância da Célula

07

CAPÍTULO 4
A importância do Discipulado Um a Um (M.D.A.)

09

CAPÍTULO 5
Os Tipos de Grupos Pequenos

13

CAPÍTULO 6
A Escada do Sucesso na Visão do M.D.A.

15

CAPÍTULO 7
Discipulando Com Eficácia

16

CAPÍTULO 8
Os TrêsNíveis do Discipulado

21

CAPÍTULO 9
A Visão de Um Discipulado muito Profundo

23

CAPÍTULO 10
O Que é o Discipulado Vitalício (M.D.A.V.)

24

ANEXO (Modelo da Agenda Semanal)

26

IGREJA DA PAZ

1

CTL – Centro de Treinamento de Líderes

O Coração Da Igreja Local

CAPÍTULO 1
INTRODUÇÃO
1. A IGREJA EM CÉLULAS
A Igreja do Senhor Jesus está atualmente experimentando umamudança de paradigma
ao redor do mundo. Esta mudança está acontecendo na visão, estrutura, e funcionamento da
Igreja Local. Eu me refiro ao resgate da prática da Igreja Primitiva de se reunir nos lares.
Por muitos anos, diversas igrejas tem promovido células ou grupos caseiros -, mas
como um entre muitos ministérios. A visão da igreja neo-testamentária, porém era bem
diferente. Na IgrejaPrimitiva, os cristãos se reuniam nos lares, não como uma opção, mas
porque o coração da Igreja Local - e o centro de suas atividades - era nos seus lares.
Esta mudança de paradigma tem sido chamada, por alguns, de Segunda Reforma. A
Primeira Reforma, foi liderada por Martinho Lutero ao levar a Igreja de volta às suas origens
doutrinárias baseadas somente na Palavra de Deus. Esta Segunda Reforma estálevando a
Igreja de volta às suas estruturas originais no sentido de restaurar a “Igreja no Lar” e colocar o
ministério nas mãos do povo. Quando uma Igreja Local, realmente passa por esta Segunda
Reforma, os grupos nos lares (Células) se tornam o coração daquela igreja. Este tipo de igreja
tem sido chamada de Igreja de Células (em contraste com a Igreja com Células– onde as
Células são umade muitas opções), ou igreja em Células (em contraste com a igreja com
Células).
2. A IGREJA EM CÉLULAS NA VISÃO DO M.D.A.
Todas as maiores Igrejas Locais do mundo já estão neste novo paradigma promovido
pela Segunda Reforma; todas são Igrejas em Células. Existem, porém, diversos modelos de
Igrejas em Células.
O “Modelo 5X5” é usado pelo Pr. David Yonggi Cho (pastor da maior Igreja do mundocom 700.000 membros). Este modelo organiza cada 5 grupos debaixo de um supervisor e
assim por diante. Talvez, mais que qualquer outro homem, Deus tem usado o Pr. David Yonggi
Cho para motivar muitas e muitas igrejas, para entrarem na visão de células.
Um outro método desenvolvido pelo Dr. Ralph Neighbour Jr., é o “Modelo dos Grupos
de Interesse”. Este modelo dá a chance de cada membro formar“Sub-Grupos” ganhando
pessoas para Jesus na área de seu interesse. Inúmeras igrejas ao redor do mundo estão
praticando este modelo.
Ultimamente muitas igrejas estão implantando um modelo que se chama “G 12”
(Grupos de Discipulado de 12 pessoas) que tem tido um sucesso impressionante na igreja
evangélica “Missão Carismática Internacional” de Bogotá, Colômbia. A visão é de que todos
sejamlíderes, e uma das vantagens deste modelo é que o discipulado tem vínculos mais
duradouros.

IGREJA DA PAZ

2

CTL – Centro de Treinamento de Líderes

O Coração Da Igreja Local

Um modelo ainda mais recente que tem surgido é o A.D.M. (Apostolic Discipleship
Model), que em português é M.D.A. (Modelo de Discipulado Apostólico). Este modelo prioriza
o discipulado um a um, e também procuraaproveitar as vantagens dos outros modelos.
Na visão do M.D.A., é possível à Igreja Local ganhar multidões para Jesus sem deixar
de cuidar bem de cada cristão – é o modelo de discipulado um a um em ação!!!
Jesus, sendo o primeiro Apóstolo, demonstrou que o discipulado era um conjunto de
fatores como: convivência , o modelar do ministério, investir um a um, investir em grupo de
discipulado,...
tracking img