Agronegocio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1863 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Alegrete,25 de junho,2012

AGRONEGOCIO:

Podemos conceituar o agronegócio como a somatória das operações de produção, circulação e distribuição de suprimentos agrícolas, englobando também o conjunto de todas as operações da agricultura e dos negócios, desde os investimentos na pesquisa, envolvendo os setores de produção, processamento e comercialização, até o consumo final.
Atualmente oagronegócio é o mais importante setor da economia do país, representando 27% do nosso Produto Interno Bruto - PIB, gerando 37% dos empregos e respondendo por mais de 40% das nossas exportações. Hoje, o agro-negócio é um setor da nossa economia com superávit na balança comercial. Temos 56 milhões de hectares cultivados e 220 milhões de hectares de pastagens, entre naturais e cultivadas. Existemaproximadamente 4,9 milhões de estabelecimentos rurais, cerca de 60% pertencente à agricultura tradicional, com pouca utilização da tecnologia, enquadrando-se nesse modelo as empresas familiares. Somos o maior produtor mundial de café, de açúcar e de suco de laranja. Somos também o maior exportador mundial de café, açúcar e carne bovina e caminhamos para nos consolidar como maior exportador do completosoja.
Tudo isso implica uma real possibilidade do crescimento do agronegócio no Brasil, tendo em vista ser esse setor eficiente e competitivo, se constituindo numa atividade próspera, segura e rentável, respondendo nos dias atuais por um, em cada três reais gerados no país. Para ser viabilizado um crescimento com eficiência neste setor, haja vista o potencial demandado, uma série de ações devemser urgentemente implementadas.

AGROPECUÁRIA:
É o conjunto das atividades na produção primária de alimentos vegetais e animais.




HISTÓRICO DA SEGURANÇA RURAL
É sabido que a agricultura é uma das atividades mais antigas e mais importante no desenvolvimento evolutivo e sócio-econômico da humanidade, sendo que cerca de 1 bilhão e meio de pessoas no planeta trabalham hoje no campo.Segundo o IBGE, no Brasil, cerca de 20 milhões de pessoas trabalham em atividades agrárias.
Apesar do grande número de trabalhadores,e a grande realidade no crescimento do país nessa área como dito anteriormente a preocupação com a segurança e a saúde do trabalho rural é bastante recente.
Segundo a Organização Internacional do Trabalho, o setor rural é uma das atividades de maior índice deacidentes no mundo, ao lado da construção civil e mineração.
Os acidentes fatais giram em torno de 170 mil trabalhadores por ano na agroindústria mundial.
A OIT, adota desde 1921, diversas convenções referentes à aspectos das atividades agrícolas, inclusive a segurança e saúde no desenvolvimento do trabalho.

Citada no item 31.5.1.2 da Norma Regulamentadora 31 (Segurança e Saúde no Trabalho naAgricultura , Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura), a organização do ambiente de trabalho no meio rural é imprescindível para se evitar acidentes durante o desempenho das funções e ainda agilizar o processo produtivo.

Ferramentas deixadas em local inadequado, restos de vegetais e alimentos jogados no chão, acumulo de entulho, equipamentos expostos ao tempo, são apenas algunsexemplos de cenários encontrados em muitos estabelecimentos e propriedades rurais.






NORMAS REGULAMENTADORAS QUE REGEM O AGRONEGOCIO:
No Brasil, a exigência quanto ao cumprimento de normas de segurança e saúde do trabalho, foi feita através da Lei nº 5.889 de 08 de junho de 1973, que instituiu as normas reguladoras do trabalho rural, em seu artigo 13º: “Nos locais de trabalho ruralserão observadas as normas de segurança e higiene estabelecidas em portaria do Ministério do Trabalho e Previdência Social.”
Em 1988, a Portaria nº 3.067 de 12 de abril, aprovou as Normas Regulamentadoras Rurais – NRR, relativas à segurança e higiene do trabalho rural.
Embora tenha sido um grande avanço, as NRR's, que eram apenas cinco, ficavam muito aquém às reais necessidades prevencionistas...
tracking img