Agroecologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10033 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
EXPERIÊNCIAS AGROECOLÓGICAS NO RIO GRANDE DO SUL - COMERCIALIZAÇÃO E ORGANIZAÇÃO – ASSOCIAÇÃO AGRICULTORES ECOLOGISTAS DE IPÊ E ANTONIO PRADO - AECIA E CENTRO DE APOIO AO PEQUENO AGRICULTOR – CAPA, DE SANTA CRUZ DO SUL
Nascimento, Fabio Schwab do Beskow, Paulo Roberto

RESUMO

Este trabalho busca, de forma preliminar, apresentar os resultados de pesquisa realizada como parte do Curso deMestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural da Universidade Federal de São Carlos. Neste estudo objetivou-se analisar os diferentes processos de comercialização e organização em agricultura ecológica existentes no Rio Grande do Sul em relação à concepção de organização de seus produtores e às formas de comercialização utilizadas. Para desenvolver o presente trabalho, será utilizado um estudode caso, tendo como objeto duas experiências no Rio Grande do Sul. As experiências escolhidas foram a Associação Agricultores Ecologistas de Ipê e Antonio Prado (Ipê e Antonio Prado) e o Centro de Apoio ao Pequeno Agricultor (Santa Cruz do Sul). Realizou-se a análise socioeconômica destas experiências, observando-se de que forma as suas formas de organização e comercialização influenciam nosresultados alcançados.
Palavras – Chaves = Agroecologia – Comercialização – Agricultura familiar

INTRODUÇÃO

As experiências agroecológicas no Rio Grande do Sul se diferenciam devido à forma com que surgiram em relação a muitas outras experiências no país. No estado, sua formação, ligada às pastorais das igrejas católica e evangélica, assumiu contornos específicos de natureza social, políticae filosófica. Além disso, possuem características diferenciadas tanto na organização da produção como nas formas de comercialização. No tocante à produção, privilegiam a organização de grupos, associações e cooperativas e, em relação à comercialização, priorizam as formas diretas de comercialização entre agricultor e consumidor, evitando-se, assim, a indústria e os atravessadores. Nesse sentido,no Estado destacam-se as feiras de produtores.
No Rio Grande do Sul, assim como nos demais estados da região sul do Brasil, além da certificação por agente externo, baseada em princípios e normas técnicas de produção da IFOAM (International Federation of Organic Agriculture Movements), há outras feitas pelo ECOCERT, IBD, TECPAR e IMO, que estão credenciadas pelo Ministério Agricultura,Pecuária e Abastecimento (MAPA). Mas nos estados do sul está sendo mais difundido o uso da certificação participativa através de Sistemas Participativos de Garantia (SPG) e de Organismo Participativo de Avaliação de Conformidade (OPAC), que nesse caso é realizada pela Rede Ecovida de Agroecologia (ECOVIDA). Isto é demonstrado na tabela 02.
Por meio desta análise, objetiva-se saber se os diferentesprocessos possuem capacidade de sustentação ao longo do tempo, inclusive levando em conta as mudanças na relação produtor-consumidor que têm ocorrido nos últimos anos.
É importante destacar que, neste artigo, adota-se a definição de agroecologia como a ciência que apresenta uma série de princípios e metodologias para estudar, analisar, dirigir, desenhar e avaliar ecossistemas. (ALTIERI, 1998)Segundo Altieri (1989), agroecossistema é a unidade fundamental de estudo, nos quais os ciclos minerais, as transformações energéticas, os processos biológicos e as relações socioeconômicas são vistas e analisadas em seu conjunto. Sob o ponto de vista da pesquisa agroecológica, seus objetivos não são a maximização da produção de uma atividade particular, mas a otimização do agroecossistema como umtodo, o que significa a necessidade de uma maior ênfase no conhecimento, na análise e na interpretação das complexas relações existentes entre as pessoas, os cultivos, o solo, a água e os animais.
A agroecologia concebe os sistemas produtivos como agroecossistemas em que os ciclos minerais, as transformações energéticas, os processos biológicos e as relações socioeconômicas são investigadas e...
tracking img