Agressividade infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4263 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A AGRESSIVIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: O JOGO COMO FORMA DE INTERVENÇÃO

RESUMO

Este estudo tem por objetivo discutir a agressividade na Educação Infantil e o jogo como possibilidade de trabalho com a questão. Foi feita uma revisão bibliográfica sobre a agressividade dos 2 aos 6 anos, e também na Educação Infantil, e o jogo como meio facilitador no trabalho sobre o tema. Percebe-se que aagressividade no ensino infantil está cada vez mais presente, isso pode ser explicada pela falta de estrutura familiar falta de atenção dos pais, reprodução de atitudes presenciadas, tentativa de chamar a atenção do outro etc. O jogo pode ser um instrumento para lidar com a agressividade, pois por meio dele a criança brinca e, dentro desse mundo imaginário do brincar, podem ser construídas atitudespositivas, criatividade estimulada, podendo transformar a realidade.

PALAVRAS-CHAVE: Agressividade – Educação Infantil – Jogo

INTRODUÇÃO

A realidade escolar continuamente nos remete a reflexões, principalmente com relação à nossa prática diária como professores. No contexto atual, entre os temas que merecem esta reflexão está a agressividade, um termo já conhecido entre as pessoas e quese reflete em diversos ambientes, e a escola é certamente um deles. Com base nisso, viu-se a necessidade de compreender a agressividade e como ela pode ser abordada durante nossa prática pedagógica na Educação Infantil.

De imediato, surge a necessidade de se pensar em uma proposta para lidar com o comportamento agressivo das crianças, chegando-se então ao jogo, proposto como meio facilitadorpara trabalhar com essa situação nesse nível de ensino.

Com o intuito de conhecer o universo da agressividade no contexto da Educação Infantil e refletir sobre o jogo como uma forma de lidar com esta questão, este estudo foi realizado.

A partir de revisão bibliográfica de livros, artigos e teses/dissertações de autores nacionais e internacionais que trataram do tema em questão, o trabalhofoi dividido em quatro tópicos relacionados à agressividade e à Educação Infantil. No primeiro tópico, foi realizada uma contextualização da agressividade; no segundo, abordamos a agressividade na faixa etária de 2 a 6 anos pautados, principalmente, em estudos da Psicologia do Desenvolvimento; em seguida, tratamos da agressividade na Educação Infantil abordando trabalhos de estudiosos da educação;e, por último, o jogo na escola como forma de lidar com as manifestações agressivas, para tanto, autores da área do jogo, bem como da Educação Física, foram consultados.

CONTEXTUALIZAÇÃO DA AGRESSIVIDADE

Uma definição bastante aceita nos estudos psicológicos é que “agressão é qualquer comportamento com intenção de ferir alguém física ou verbalmente” (WEITEN, 2002, p. 387, grifo do autor).Alguns pesquisadores caracterizam a agressão de três formas: “a agressão instrumental: empregada para obter ou reter um brinquedo ou outro objeto qualquer; a agressão reativa: a retaliação raivosa em função de um ato intencional ou acidental; a agressão ameaçadora: um ataque de agressão espontâneo” (BERGER, 2003, p. 202, grifo do autor).

Crick e Grotpeter (apud SHAFFER, 2005) apresentamoutro tipo de agressão que parece ter efeitos mais graves que a própria agressão física, é a chamada agressão relacional ou agressão social, que envolve insultos e rejeição social. Este tipo de agressão, ao que parece, é mais comum entre meninas que entre meninos e entre crianças mais velhas que mais novas, sendo uma forma de ataque social.

Segundo Berger (2003, p.202), a agressão se inicia “apartir de um auto-conceito e de uma regulação emocional inadequados durante os primeiros anos da pré-escola e pode se tornar um sério problema social à medida que o tempo passa”.

Para Montagu (1976), com relação a esse comportamento, é necessário entender as maneiras como a sociedade se comporta, considerando que atualmente ela se encontra em constantes modificações. Isso é o que presenciamos...
tracking img