Agravo de instrumento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.





MÁRIO TRABALHADOR, brasileiro, casado, agricultor, portador da Cédula de Identidade nº 1.111.111-1 SSP/PR , inscrito no CPF/MF sob o nº 222.222.222-22, residente e domiciliado na Rua da Lavoura, 500, Assis Chateaubriand/PR, neste ato representada por seu advogado,infra assinado, Drº Iguaçu Paranaense , inscrito na OAB 1.111, com escritório na Rua José Nicco, 179, Mossungue, Curitiba, Paraná, onde recebe intimações vem respeitosamente, com fulcro no artigo 522 e seguintes do CPC, interpor perante Vossa Excelência o recurso de




AGRAVO DE INSTRUMENTO




em face de decisão proferida pelo MM. Juiz de direito davara ..., autos nº 9999/2012, proposta em face de ORLANDO BAGUNCEIRO, brasileiro, casado, empresário, portador da Cédula de Identidade nº 3.333.333-33, inscrito no CPF/MF sob o nº 555.555.555-55, residente e domiciliado na Rua Arruaça, nº 1010, Assis Chateaubriand/PR, dispõe


Requer-se, pois, o conhecimento das razões anexa para o fim de dar provimento ao recurso.Termos em que,
Espera deferimento.


Curitiba, 07 de Maio de 2012.




Advogado ...

OAB ...
EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁEXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 50ª VARA CIVEL DA COMARCA DE CURITIBA - PR



Agravante: MARIO TRABAHADOR

Agravado: ORLANDO BAGUNCEIRO

Autos de Origem: 9999/2012 – Palotina/PR


TEMPESTIVIDADEA decisão foi publicada no dia 15/04/2012, posto isto, de acordo com o art. 522, e , 184 § 1º, do Código de Processo Civil, o prazo final para interposição do respectivo recurso é dia 07/05/2012, tempestivo por a presente demanda.


I – DA ADMISSIBILIDADE E CONHECIMENTO DO PRESENTE AGRAVO POR INSTRUMENTO


Encontram-se presentes todos os requisitos legais previstospelo sistema processual vigente a fim de que possa conhecer e julgar o presente agravo de instrumento.
Trata-se de Agravo de Instrumento interposto contra a r. decisão de fls xx, da ação demarcatória, autos nº 9999/2012, que o agravante move em face de ORLANDO BAGUNCEIRO.



II – RETROSPECTO FÁTICO PROCESSUAL


O agravante é proprietário de umimóvel rural, situado na Cidade de Palotina/PR, que é utilizada para exploração de atividade agropecuária da qual obtém o sustento de seu núcleo familiar, composto por esposa e 03 (três) filhos, peticionou pleiteando a ação demarcatória com queixa de esbulho, em face de Orlando Bagunceiro, que adquiriu um dos imóveis vizinhos, e começou a realizar, exatamente na divisa com o terreno do agravante, umvultuoso aterro . Tal conduta do agravado, os marcos divisórios ali existentes foram todos soterrados, assim como as árvores existentes no local desapareceram sob a terra.
Além disso, o aterro feito, alterou o limite entre os dois imóveis, uma vez que por causa dele, foi modificado o curso de um rio que servia como marco divisório entre as propriedades. Requerendo o pedido deantecipação de tutela e imediata paralisação das obras, com o intuito de interromper a ampliação do aterro, e evitar que a terra movimentada pelo vizinho avançasse ainda mais sobre seu imóvel.
Foi proferida a sentença de indeferimento de antecipação de tutela.




III – CABIMENTO DO AGRAVO DE INSTRUMENTO


Fica claro na decisão que há lesão grave de difícil reparação,em vista, de que o autor Mario Trabalhador provia da plantação de soja para o sustento da família, em vista disto, com fundamento ao art. 522 e 520 do Código de Processo Civil, admite-se a presente demanda.



IV - NOME E ENDEREÇOS DOS ADVOGADOS CONSTANTES DO PROCESSO


Dos Agravantes: Iguaçu Paranaense, OAB nº 1.111, com escritório profissional sito a rua José Nicco nº 179, Mossunguê,...
tracking img