Agente de policia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5588 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NÍVEL SUPERIOR AGENTE DE POLÍCIA

GABARITO COMENTADO PELA EQUIPE DE PROFESSORES DO ALUB CONCURSOS (DPF – PROVA EM 13 SET 09)

GABARITO EXTRA-OFICIAL DPF – DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL
NÍVEL SUPERIOR – AGENTE DE POLÍCIA PROVA: 13 DE SETEMBRO DE 2009
EQUIPE ALUB CONCURSOS COORDENAÇÃO: CINTIA LIMA ASSISTÊNCIA PEDAGÓGICA: PAULA MESQUITA E VANDERLAN MARCELO PORTUGUÊS: MÁRCIO WESLEY eMARCONDES JR. REDAÇÃO OFICIAL: MÁRCIO WESLEY e MARCONDES JR. INFORMÁTICA: HENRIQUE SODRÉ DIREITO ADMINISTRATIVO: SÉRGIO GAÚCHO DIREITO CONSTITUCIONAL: JOÃO ALEXANDRE LEGISLAÇÃO ESPECIAL: MAURO CHAVES RACIOCÍNIO LÓGICO: CARRIJO E VANDERLAN MARCELO LEI Nº 8112/90: NICÁCIO PROCESSO PENAL: NICÁCIO NOÇÕES DE CONTABILIDADE GERAL: EGBERT NOÇÕES DE MICROECONOMIA: EGBERT DIREITO PENAL: BRUNO MELLO ADMINISTRAÇÃOFINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA: JÚLIO OLIVEIRA NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO: WENDELL LÉO ATUALIDADES: LUCIANO ABREU

1

NÍVEL SUPERIOR AGENTE DE POLÍCIA

GABARITO COMENTADO PELA EQUIPE DE PROFESSORES DO ALUB CONCURSOS (DPF – PROVA EM 13 SET 09)
COMENTÁRIO
DPF / NÍVEL SUPERIOR AGENTE DE POLÍCIA

ITEM 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16

GABARITO C C C E C E C E C E E E E C C E

Ostrechos possuem o mesmo referente semântico. O uso do ponto-e-vírgula reforça as relações sintáticas marcadas pelas vírgulas e deixa subentendido o sujeito “modernidade”. É possível substituir a expressão “no qual” por “em que”por “onde”, pois tem como referente lugar. Está claro no primeiro parágrafo que o futuro de um país não é obra do acaso ou da fatalidade. É possível reescrevermos sem arepetição da palavra ‘nação’, porém ocorrerá redução da intensidade argumentativa. Não há paralelismo sintático nos tempos verbais apresentados. O uso do verbo sem pronome é correto, porém muda o sentido do texto. O termo não se refere ao núcleo do sujeito, logo pode estar preposicionado. As ideias se complementam, portanto é possível o uso da expressão “desse modo”. Gramaticalmente não é possível o usodo artigo nessa construção. O sujeito está indeterminado. O autor considera as características como um processo, que não se esgota nelas. Haveria incoerência e erro gramatical na construção. Há coesão por meio dos vocábulos e por terem que estar no plural possuem referentes distintos. Percebe-se a relação semântica por meio da conjunção “mas” , introduzindo a ideia de um sujeito único eindivisível e a ideia de um sujeito moldado por teias de relação social. Não se usa o sinal indicativo da crase nessa construção, pois temos apenas o uso da preposição. Há gramáticos que dizem que, quando o pronome “nos” se pospõe a verbos na 1ª pessoa do plural, suprime-se o “s” final do verbo. Mas o Cespe já cobrou essa mesma questão em concurso do Instituto Rio Branco e considerou correto manter o “s”final do verbo. Esperamos certa coerência da banca. Após o sinal de dois-pontos temos uma conseqüência do que foi dito, ou seja, o texto conduz o leitor a ver que a sociologia reforça os argumentos do autor. A consequência é mostrar/explicitar a pergunta proposta pela sociologia. Temos o valor significativo usual desses termos. Trata-se apenas de uma relativização do entendimento de algo comorealmente externo ou interno. O texto mostra uma fronteira tênue entre externo e interno. Daí a relativização sugerida e reforçada com o uso de aspas. O travessão é facultativo, possue apenas função estilística de realce. Se for feita a substituição de “caso” por “se”, deverá adaptar-se a forma verbal “se sinta” para “se sentir”, no futuro do subjuntivo. O termo pode ficar no plural, porque não é núcleode sujeito e, portanto, não interfere na flexão do verbo da oração. Por outro lado, também não está vinculado sintaticamente com outro termo que com ele deva ter relação

17

C

18

C

19

E

20 21 22

C E C

2

NÍVEL SUPERIOR AGENTE DE POLÍCIA

GABARITO COMENTADO PELA EQUIPE DE PROFESSORES DO ALUB CONCURSOS (DPF – PROVA EM 13 SET 09)
COMENTÁRIO
DPF / NÍVEL SUPERIOR...
tracking img