Afetividade na sala de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9110 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
AFETIVIDADE NA SALA DE AULA

Janaina Ribeiro

1 - INTRODUÇÃO
“Dar carinho é só o começo.Você mostra que se importa com os alunos
quando ouve o que eles sentem e valoriza as
suas capacidades e os gostos de cada um.Assim, ajuda a formar pessoas mais felizes
e cidadãos responsáveis.”

Na sociedade atual as mudanças têm chegado à mídia de forma cada vez mais acelerada, por causa do avanço tecnológico. A tecnologia avança em todas as áreas do conhecimento em que oi ser humano passa a ser o “centro detodas as suas necessidades básicas como: alimentação, saúde, lazer, educação, etc.” Percebe-se que o humanismo é essencial a todo processo educacional que vise definitivamente a melhoria da sociedade, da humanidade.

É necessário estar observando o que mais afeta o desenvolvimento global de uma criança, porque os pais e educadores precisam saber diferenciar o que é modismo e o que é essência naeducação, procurando ter cuidado nas substituições relativas às vivências.

Hoje em dia é assim: eu preciso, eu quero, eu vou. Cada vez mais a sociedade estimula crianças e sociedades e adolescente a terem atitudes individualistas, que passam bem longe da reflexão e da responsabilidade com o próximo. As crianças devem ter a oportunidade de desenvolver sua afetividade. É preciso dar-lhes condiçõespara que seu emocional floresça, se expanda, ganhe espaço, “se a criança está feliz, ela aprende, ela faz”. É fato dizer que se a criança está bem consigo mesma, ela terá um maior interesse para o aprendizado. A falta de afetividade gera rejeição, carência na aprendizagem. Quando uma criança está passando por algum declínio emocional, com certeza fica sem estímulo, sem vitalidade. Isto vale paraqualquer área de atividade humana, independentemente de idade, sexo, cultura.

O jovem só se sensibiliza quando se sente parte de um grupo – a família, a turma da escola, a sociedade – e entende que em cada um deles, sua presença e sua contribuição são importantes. Como a escola proporciona isso? - Oferecendo ao aluno o direito de ser ouvido e compreendido. Os professores que trabalham dessamaneira dão ao estudante caminho para reconhecer seus sentimentos, desde pequeno. Daí para que ele se torne responsável por suas atitudes é um pulo. Nos dias de hoje o professor deve ser o líder. Deve saber que a liderança não se impõe, se conquista. Além disso, ele tem o papel de mediador, na missão de educar.

Na área Educacional, a crença de que a aprendizagem é social, mediada por elementosculturais, produz um novo olhar para as práticas pedagógicas. A preocupação que se tinha com o “o que ensinar”(os conteúdos das disciplinas), começa a ser dividida com o “como ensinar”(a forma de, as maneiras, os modos).

Para criar esse ambiente acolhedor, é necessário entender o que é afetividade e por que ela é fundamental na formação de pessoas felizes, éticas, seguras e capazes de convivercom os outros e com o planeta. Neste trabalho científico vamos verificar como dosar o conteúdo e a educação dos sentimentos para formar verdadeiros cidadãos.

2 – ALGUMAS CONSIDERAÇÕES TEÓRICAS

2.1 – O QUE É AFETIVIDADE?

As emoções, para Wallon, têm papel preponderante no desenvolvimento da pessoa. É por meio delas que o aluno exterioriza seus desejos e suas vontades. Em geral são...
tracking img