Advérbios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2259 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ADVÉRBIOS

1 Introdução

Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise contrastiva entre os Advérbios da Língua Portuguesa e da Língua Inglesa, para verificação de semelhanças e diferenças nos dois idiomas. Para organizarmos nossa análise, esquematizamos a função do Advérbio segundo os critérios sintático, semântico e morfológico.

2 Sintaxe
De acordo com o critério sintático,Advérbio é a palavra que modifica um verbo, um adjetivo, um outro advérbio ou toda uma afirmação expressa em uma frase.

2.1 Definição

Etimologicamente, “Advérbio” é uma palavra derivada do latim ad (junto)+ verbum ( verbo). Em inglês, Adverb, mantém-se a mesma raiz.
Vejamos os seguintes exemplos:

- Um lindo balão azul atravessava lentamente o céu.
- He ate his dinner very quickly.
-As encomendas chegaram ontem.
- I often have fruits for breakfast.
- A platéia vibrou muito com o espetáculo.

As palavras destacadas nas frases acima são Advérbios. Na língua portuguesa, o conceito mais recorrente é o de palavra que modifica o sentido do verbo, acrescentando-lhe determinadas circuntâncias. Em sua definição, CUNHA (2001), observa que os advérbios de intensidade têm acaracterística particular de reforçarem o sentido do adjetivo ou de um outro advérbio. Também ressalta que alguns podem modificar toda a oração, dependendo da posição em que aparecem.
Na língua inglesa, a adverb is a part of speech that modify a verb, an adjective, another adverb, a phrase, or a clause. BOLTON diz que usamos um advérbio de modo para descrever como alguém faz alguma coisa. O advérbiomodifica e diz-nos mais sobre o verbo.
Comparando as duas definições elencadas e os exemplos acima, podemos constatar que a classe gramatical em questão possui a mesma conceituação. Em ambas as línguas prevalece a função básica de ser um modificador do verbo por excelência, do adjetivo e de outro advérbio em casos particulares e até mesmo de toda a oração em que estiver inserido, dependendo desua colocação.

2.2 Colocação dos advérbios

De acordo com a gramática do português, a colocação do advérbio dependerá da palavra que vier antes ou depois dele. CUNHA elenca as seguintes possibilidades:

1) Adjetivo, particípio isolado ou advérbio – os advérbios que modificarem essas palavras virão antes delas;
Ex:
Por que me escondem um segredo tão grande?Muito apressado, num visível nervosismo, veio de casa até ali.
-O teu pai está muito mal.

2) verbo – os advérbios que modificarem o verbo:

a - os de modo: colocam-se depois dele;

Ex: A mãe e a irmã choravam tristemente.
Ela ouvia-o atentamente.
Quatro jovens vestidas de panos escuros entram vagarosamente no local.

b- os de tempo e delugar: antes ou depois dele;

Ex: De manhã, acordei cedo.
Cá fora era noite.
A minha sombra há de ficar aqui.

c- os de negação: sempre antecede o verbo.

Ex: - Então não se cava a terra?... não se lavra?... não se aduba?... não se semeia?...

3) O realce do adjunto adverbial é expresso de regra por sua antecipação ao verbo.

Ex:No dia seguinte, pela manhã, a cozinheira foi ajeitar a lata de lixo...
De longe e reverenciosamente as cortejei.

BOLTON considera que não podemos pôr um advérbio entre um verbo e o objeto. Não podemos dizer He could take hardly his eyes off the game. Há três posições normais para os advérbios:

a-) Posição inicial: Clearly he had to leave the math early.

b-)Posição mediana – antes do verbo principal ou entre um verbo auxiliar e o verbo principal:
He nearly changed his mind. I´ll probably come agains tomorrow.

c-) após o verbo principal e no final da frase: Laura looked at him angrily. He picked up his jackt impatiently.

Os advérbios de modo normalmente ficam no meio ou no final.

Ex: He picked up his jacket impatiently (final).
He...
tracking img