Adoçao e a intervenção profissional do assistente social:

Páginas: 7 (1652 palavras) Publicado: 19 de novembro de 2011
ADOÇAO E A INTERVENÇÃO PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL:
CRIANÇA EM PROCESSO DE ADOÇÃO

Souza. F.G
Curso: Serviço Social
Polo: Faema - Ariquemes-Ro

RESUMO

O presente artigo parte de uma experiência de estágio curricular realizado no Núcleo Psicossocial do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia Fórum Comarca de Ariquemes- RO. Que foi desenvolvido no período de novembro de 2010 aagosto de 2011. Período em que foram analisadas situações peculiares de como é desenvolvido o trabalho do Núcleo Psicossocial frente aos Processos referente a adoção, tendo em vista que está vem a ser a principal medida de proteção a criança e adolescente, compreendendo assim sua historicidade e verificando a atuação profissional do/a Assistente Social frente ao tema abordado. O tema tem porobjetivo versar sobre a intervenção do/a Assistente Social nos Processos de Adoção, observar que a justiça tem como fonte primaria à Lei, e compreende que o seu campo de atuação não se limita unicamente ao direito, pois requer uma intervenção multidisciplinar que proporcione acesso aos profissionais do serviço social e áreas afins, para auxiliar nos encaminhamentos das questões enfrentadas. Paraefetivar esta pesquisa desenvolvemos pesquisas bibliográficas em; cartilhas publicadas e leis que abordam o tema, principalmente fontes que relatam a ação da prática, diário de campo observação direta do campo de atuação entrevistas com as profissionais participação no II

Palavras-chave: Adoção. Assistente Social, intervenção

INTRODUÇÃO

A adoção está prevista no ECA (Estatuto da Criança e doAdolescente), e a forma mais completa e definitiva de colocação em família substituta e a sua principal finalidade é a proteção integral da criança e do adolescente, formando através do seu intermédio uma nova família. Quem adota confere a criança ou adolescente o status de filho legitimo, com todas as conseqüências jurídicas e psicossociais que esta situação requer. A adoção constitui-se tambémcomo uma oportunidade de assegurar um filho para aqueles que são impossibilitados de conceber ou querem dar continuidade a família por meio da adoção. Constituindo-se ainda como uma resposta social para dar uma família a uma criança ou adolescente abandonado ou que por algum motivo sofreram uma destituição do poder familiar.
O objetivo deste estudo é analisar situações peculiares da adoção,como a
Principal medida de proteção a crianças e adolescentes, compreendendo sua
Historicidade. Identificando a irrevogabilidade da medida e verificando a atuação do
Serviço Social.
Para a realização deste estudo, buscou-se a cientificidade através de leituras de material bibliográfico, além de leituras de documentos indispensáveis, tais como: relatórios sociais, processos judiciais,pareceres sociais e entrevistas com pessoas envolvidas no processo, especificando a contribuição do profissional do Serviço Social neste contexto. O interesse em trabalhar com a irrevogabilidade da adoção ocorreu por ser um tema significativo que proporcionará reflexão tanto para o Serviço Social como para as famílias trabalhadas.
Nos dias atuais a adoção é vista como um meio de superar um dosgrandes e graves problemas sociais, que é falta de um lar saudável para essas crianças e adolescentes.

A partir da constituição, em 1993 temos a promulgação da Lei orgânica da Assistência Social (LOAS), nº 8.742, o aspecto da Constituição e estabelece normas e critérios para organização da assistência social, que é um direito, e este exige definições de leis, normas, critérios e objetivos. Aintervenção do/a Assistente Social é de suma importância para o direcionamento dos processos, a prática é desenvolvida por uma equipe interprofissional, onde os pontos são analisados em diversos ângulos, prevalecendo assim uma visão conjunta de opiniões para um Parecer Social e um Parecer Psicológico. São os pareceres Social/Psicológico que darão subsídios para a decisão judiciária, pois é através...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A INTERVENÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NA POLÍTICA DE ADOÇÃO
  • A interdisciplinaridade e a intervenção profissional da/o assistente social
  • Intervenção Profissional do assistente social e as condições de trabalho no SUAS
  • A prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção profissional
  • A prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção profissional
  • O papel do assistente social na adoção
  • Atuação do assistente social na adoção
  • O papel do assistente social na adoçao

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!