Administracao de crises

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1496 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FINANÇAS PESSOAIS

1. Administração de crise financeira

Uma crise financeira pessoal é um sério problema para qualquer pessoa. Depressão, nsiedade, baixa auto-estima, enfraquecimento da saúde são alguns dos efeitos de uma crise financeira pessoal.

O quadro fica agravado porque a pessoa se defronta com uma situação onde precisa dar o máximo de si para resolver o problema justamente nomomento em que seu estado psicológico está debilitado.

Também nesse momento a pessoa freqüentemente precisa tomar decisões difíceis e fazer sacrifícios dolorosos que podem acarretar mudanças importantes em sua vida.

Por tudo isso, é relevante lembrar dois aspectos importantes:

- A prevenção ainda é a melhor arma contra a crise financeira pessoal.

- Uma vez instalada a crise financeiraou aos seus primeiros sinais, deve-se buscar uma solução o mais rapidamente possível.

1.1 Prevenção de crise financeira

A adoção de medidas preventivas para lidar com as crises financeiras tem dois objetivos básicos:
• Evitar  que a pessoa seja surpreendida por fatos apenas aparentemente imprevisíveis.
• Criar um plano de contingência para lidar com situações realmenteimprevisíveis.
As recomendações seguintes ajudarão a prevenir as crises financeiras pessoais:
• Ter e respeitar um orçamento de renda e gastos.
• Não se endividar até o limite do orçamento.
• Cortar o endividamento crescente.
• Não se financiar a juros altos.
• Manter um fundo de reserva para cobrir despesas extraordinárias.
• Criar um plano de contingência para a lidar com acrise.
1.2 Enfrentando a crise financeira

Os caminhos para solucionar uma crise financeira pessoal não são muito diferentes daqueles utilizados pelos governos e pelas empresas. Eles se fundamentam em duas medidas básicas: aumento da renda e redução dos gastos. Apesar de simples em seu enunciado, a implantação dessas medidas requer firmeza de decisão, ação e criatividade.

O aumento da rendageralmente significa trabalho extra. Não é fácil conseguir esse trabalho e quando obtido exige sacrifício do tempo dedicado à família ou ao lazer.

A redução dos gastos também é difícil por dois motivos principais. Em primeiro lugar exige algum trabalho de análise e controle. Segundo, reduzir gastos significa fazer sacrifícios, o que contraria a essência da natureza humana.

Como as medidas paraaumento de renda ou redução de gastos exigem sacrifícios, as soluções são proteladas e a crise tende a se agravar.

O ponto fundamental para se obter o saneamento financeiro das contas pessoais é tomar as decisões certas e sem demora. Quanto mais demoradas  as soluções, menores serão as chances de sucesso.

Um programa de saneamento financeiro pessoal começa com a análise da situação financeiraatual da pessoa e suas perspectivas  num futuro próximo. Esta análise tem como objetivo fazer um diagnóstico preciso do problema, identificando suas causas principais e secundárias. A partir daí serão buscadas as soluções.

Portanto, não basta examinar como as contas pessoais estão hoje. Também é preciso saber como elas ficarão mais à frente. O ideal é que a análise projete a situaçãofinanceira para um período de doze meses.

1.3 Analisando a crise financeira

Um roteiro sugerido para analisar a crise financeira é o seguinte:

- Qual é o problema financeiro e quais serão seus desdobramentos?

- Se tudo correr bem como ficarão as finanças pessoais?

- Se acontecer o pior como ficarão as finanças pessoais?

- Qual é a renda efetiva?

- Como deverá se comportar a renda numfuturo próximo, desconsiderando-se ocorrências imprevisíveis?

- Qual é o orçamento de gastos?

- Como deverão se comportar os gastos num futuro próximo, desconsiderando-se ocorrências imprevisíveis?

- Existem gastos exagerados, desproporcionais?

- Qual o peso dos juros no total dos gastos?

A resposta a estas perguntas facilitará a busca de solução para o problema.

Uma vez obtida...
tracking img