Administração unopar - introdução à economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1771 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
ADMINISTRAÇÃO

PRODUÇÃO TEXTUAL

Aracaju
2010

PRODUÇÃO TEXTUAL

Trabalho apresentado à disciplina Introdução à Economia da Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Prof. Edilson Gonçalves Moreira

Aracaju
2010

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4

2.1. De que forma a política monetária afeta osresultados econômicos de um país (PIB) e a distribuição de renda? 4

2.2. Como a Inflação Brasileira pode afetar sua distribuição de renda? 5

2.3. Analisando o Brasil desde 1964 até hoje, na questão dos planos econômicos, podemos afirmar que o Plano Real atualmente permite uma maior distribuição de renda ou o modelo ainda segue a sTeorias Clássicas de, crescendo a economia adistribuição acontece automaticamente. 5

2.4. A Política Econômica Brasileira atual utilizada frente à Crise Mundial atual (2008 a 2010) pode ser comparada às Teorias Keynesianas, e quais seus efeitos na inflação e distribuição de renda? 6

3. CONCLUSÃO 8

REFERÊNCIAS 9

INTRODUÇÃO
Esta atividade textual tem por objetivo avaliar a compreensão doestudo da Economia na vida das pessoas, e seu impacto no caso estudado.
Fato é que vivemos rodeados da economia. Na compra do pão para o café da manhã, da frauda do neném ou na aquisição de um imóvel, veículo ou na simples movimentação bancária estamos atuando com base na economia do nosso país.
Analisando as taxas de juros, a situação política e econômica do Brasil decidimos ou não efetuardeterminados investimentos, realizar certas aquisições.
É sobre essas situações que elaboramos esta atividade.

DESENVOLVIMENTO
De que forma a política monetária afeta os resultados econômicos de um país (PIB) e a distribuição de renda?
A política monetária tem como objetivo controlar a oferta de moeda na economia de um determinado país. Esse trabalho de determinar a quantidade de dinheiro naeconomia é função do Conselho Monetário Nacional (CMN), com participação do Banco Central do Brasil (BACEN). Ao determinar a quantidade de dinheiro, tem-se a formação da taxa de juros que pode ser interpretada como sendo o preço do dinheiro.

O objetivo final da política monetária é o bem estar da sociedade. Embora seja difícil discordar deste objetivo, certamente existe grande divergência entre oseconomistas de como implementá-lo na prática. Os monetaristas enfatizam a estabilidade do nível de preços; os economistas keynesianos preferem o nível de emprego. A controvérsia sobre a curva de Phillips terminou convencendo os economistas keynesianos que no longo prazo a política monetária afeta somente o nível de preços e não o nível de atividade econômica..

Todavia, os economistaskeynesianos acreditam que mesmo assim o banco central pode contribuir para que a duração de uma recessão seja abreviada com uma política monetária mais expansionista.

Fernando de Holanda Barbosa. Professor da Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getulio Vargas e do Departamento de Engenharia de Produção da Universidade Federal Fluminense.

Ao interferir na política de preços ou juros podeter investimentos estrangeiros interessados ou não, se houver gera empregos e distribui renda percapta, aumenta a produção e arrecadação de impostos.

O governo brasileiro, atualmente, tem investido no controle da inflação mantendo elevada a taxa de juros, o que favorece investimentos estrangeiros. Incentivou a produção interna, abriu créditos e isso lhe proporcionou uma grande arrecadação e umaavaliação mais que positiva do governo.
Como a Inflação Brasileira pode afetar sua distribuição de renda?
É esperado que, na tentativa de estabilizar a inflação, a oferta de emprego apresente maior instabilidade, como forma de compensar os efeitos oriundos dela.
O governo e as instituições monetárias são as autoridades que devem gerir as melhores situações econômicas para o Brasil,...
tracking img