Administração pública

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1174 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas - ESAG
Mediação e Negociação no Setor Público - 6º termo - Balneário Camboriú
Professora Nonie Ribeiro

Ética em Negociação

Até que ponto consegue-se conciliar uma abordagem ética em um processo de negociação? Esse aspecto, que simplesmente seria desconsiderado há alguns anos, hoje temum papel central. Cada vez mais, ser é importante dentro do perfil de um negociador profissional. Mas até que ponto devemos ser Éticos e não entrar em conflito com o profissionalismo de quem defende um time?
Essa questão requer muito cuidado para ser respondida. Na realidade, torna-se uma questão de se saber até que ponto estamos comprometidos com nossos próprios objetivos. E é, exatamenteneste entrave, que as coisas começam a ficar mais claras, pois o fato é, se o indivíduo está motivado por objetivos estritamente pessoais, a tendência natural é que ele seja menos ético e mais profissional.
Pode parecer que estamos falando de uma pessoa mesquinha e sem princípios, mas, obviamente não é este o caso. Trata-se, provavelmente, de uma pessoa totalmente voltada para a "vitória" de seutime, de sua empresa. Um profissional na essência, ou seja, uma pessoa voltada para a sua profissão e os seus objetivos. Este tipo de personalidade, de modo geral, tem uma visão curta do processo, com alto foco no resultado imediato.
Na contramão desta abordagem, temos o indivíduo de tinturas mais éticas, ou seja, voltado para questões morais. De modo geral, temos percebido que, cada vez mais, asmesas de negociação têm pedido por indivíduos com este perfil, ou seja, com posicionamentos mais justos, compreensivos e construtivos. Esses negociadores, éticos, buscam a "vitória" de seu time, mas, também, que a outra parte sinta-se vitoriosa.
Essa abordagem, muito mais construtiva, possibilita relacionamentos comerciais e industriais de mais longo prazo e, via de regra, mais econômicos emenos financeiros. Se analisarmos bem, trata-se de um excelente posicionamento para épocas de crises agudas, como a que temos atualmente. Note-se, ainda, que a abordagem ética se preocupa, também, com o bem-estar de terceiros e, ainda, com o meio ambiente. São os novos "tempos modernos" que, por certo, deixariam Chaplin mais feliz.


Achei alguma coisa nesse site também!http://www.slideshare.net/aapeniche/resumo-tica-nas-negociaes

http://www.youtube.com/watch?v=UDVCpLSNSd8

NEGOCIAÇÃO: COMO GANHAR MAIS COM A ÉTICA Fernando Silveira Negociador master fsilveira10@msn.com Diante de uma cultura político-social-organizacional onde a ética vem sendo em muitos casos posta de lado cabe uma reflexão: - vale a pena negociar éticamente no Brasil? É lucrativo deixar de levar vantagem? Deve-seagir espertamente ou participativamente? Afirmo categoricamente: - negociar com ética é o melhor caminho para otimizar resultados. Organizações e profissionais com postura ética tornam-se elementos de forte interesse por parte dos demais negociadores já que inspiram confiança e irradiam credibilidade. Peter Drucker disse: “quanto mais bem sucedido for o administrador maior terá que ser suaintegridade”. Vemos plena aplicação deste conceito em negociação. Herbert Stuckart em “Negociações” (Ed.Nobel) cita pesquisa da Exxon Education Foundation onde se conclui que “a ética aumenta a produtividade, reduz conflitos e reforça a instituição. Uma sólida base ética ajuda os administradores a conviverem com abruptas mudanças” Diante disto proponho a você oito pequenos mas eficazes procedimentos jáexperimentados e que ajudarão a solidificar a abordagem ética em suas negociações: 1- VERIFIQUE O QUE NÃO É NEGOCIÁVEL...E ACEITE A REALIDADE! Há muitas situações em que uma das partes não tem interesse em negociar por uma série de razões implícitas ou explicitas. Disse J.Kenneth Galbraith: “negociação é como sexo; é preciso que ambas as partes queiram”. Há algum tempo deparei com uma pessoa que...
tracking img