Administração de produção

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 35 (8718 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MOTIVAÇÃO NO TRABALHO: UMA APLICAÇÃO DO MODELO DOS DOIS FATORES DE HERZBERG
Prof. MSc. Saulo Emmanuel Vieira Maciel – UFPB – Campus IV. Profa Dra Maria Auxiliadora Diniz de Sá – UFPB – Campus I.

Resumo No intuito de efetivar o uso de pesquisas no processo de gestão de pessoas nas organizações, até mesmo aquelas públicas, este trabalho tem como objetivo central analisar a motivação deprofessores e funcionários da Universidade Federal da Paraíba (Campus I) em seus trabalhos, inicialmente por meio de um instrumento de diagnóstico para, a partir daí, apresentar sugestões, de maneira a oferecer à mesma uma oportunidade de transformação de seu ambiente organizacional. Nesse sentido, os resultados obtidos permitiram a definição do perfil dos servidores da UFPB – Campus I; a análisecomparativa do nível de motivação de professores e funcionários, bem como a identificação e correlação das necessidades mais relevantes que interferem no seu processo motivacional. A partir daí, pôde-se concluir que as categorias pesquisadas apresentam níveis de motivação diferentes e que os fatores motivacionais e higiênicos, segundo a Teoria da Motivação/Higiene de Frederick Herzberg, a qual foi adotadacomo apoio teórico, estão correlacionados com a motivação de professores e funcionários em seus trabalhos, no entanto, há uma preponderância dos fatores higiênicos (extrínsecos) afetando negativamente o processo motivacional dos servidores da UFPB – Campus I.

Introdução Sabemos que a motivação humana para o trabalho permanece ainda como um dos grandes desafios dentro da realidade dasorganizações. Apesar das inúmeras e complexas teorias, a motivação, na prática, continua sendo enfocada com simplicidade e muito maior atenção esse assunto recebe, quando se identifica que

STUDIA DIVERSA, CCAE-UFPB, Vol. 1, No. 1 - Outubro 2007 - ISSN: solicitando

Motivação no Trabalho: uma Aplicação do Modelo dos dois Fatores de Herzberg

63

as pessoas estão desmotivadas em seu trabalho. Fala-seaté que as motivações estão em “crise” e isto tem levado teóricos, pesquisadores e gestores à busca de “receitas”, “fórmulas” e “técnicas” que, muitas vezes, acabam transformando-se em modismos. Por outro lado, os trabalhadores discutem cada vez mais sobre seus direitos e qualidade de vida. Nesse sentido, as pressões são sempre pela redução do tempo dedicado ao trabalho ou pelo aumento devantagens já conseguidas, caracterizandose, cada vez mais, em situações nas quais o ato de trabalhar começa a perder seu sentido: deixa cada vez mais de representar um dos interesses centrais na vida das pessoas. Embora as novas teorias indiquem a importância de se valorizar os indivíduos nas organizações, constatamos que pouco se dá atenção a isso e o resultado é que, na prática, os trabalhadoresvivenciam atualmente um maior desânimo ou desmotivação no seu trabalho. Os efeitos da desmotivação no trabalho podem gerar graves problemas tanto para as organizações quanto para as pessoas. Do lado das organizações, podem sofrer perdas de seus padrões de qualidade e produtividade. Da parte das pessoas, as conseqüências negativas estão ligadas à saúde física e mental, ao stress, ao absenteísmo, à baixaprodutividade e desempenho no trabalho, sem contar a falta de comprometimento com sua organização. Ao contrário, faz-se necessário destacarmos a importância da motivação para as pessoas e organizações, uma vez que tal processo configura-se como transformador de qualquer ambiente organizacional, levando, conseqüentemente, a um maior envolvimento e comprometimento das pessoas no desenvolvimento desuas atividades, contribuindo significativamente para a eficácia organizacional. Com o objetivo de efetivar o uso de pesquisas no processo de gestão de pessoas nas organizações, até mesmo aquelas públicas, o presente trabalho pretende analisar a motivação de professores e funcionários da Universidade Federal da Paraíba (Campus I), em seus trabalhos, inicialmente através de um instrumento de...
tracking img